VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sábado, 1 de março de 2014

Outros Livros… Reflexão

Outros Livros / Reflexão

clip_image002

O único livro que merece releitura diária é a Bíblia, que é um compêndio de sabedoria excepcional, posto que seja possuída pela inspiração divina.

Outros livros, por melhores que sejam não merecem a releitura constante.

Parto do princípio que a vida é uma benção divina, não importando as condições de vida do vivente. Não existe pessoa sóbria com quem eu não tenha tido um diálogo e que não abençoasse a sua vida. Opinião pessoal cada um tem a sua.

Acontece que não deveríamos aceitar todas as indicações culturais que recebemos. Entre a cultura pasteurizada e o leite pasteurizado, eu prefiro o leite que obteve esse título devido a Luís Pasteur, um médico sanitarista que deixou o leite sempre saudável.

Existe gente que pensa diferente e deixo aqui um diálogo não muito distante, mas ainda interessante.

Uma conhecida chegou até mim e disse peremptoriamente, quase como uma provocação:

_Todos sofrem durante a existência, mas tem gente que sofre menos ou quase nada e eu sou uma dessas pessoas.

Uma frase forte e eloquente que não teve o efeito objetivado na afirmação.

Aquele medo constante de sofrer era a fraqueza embutida na afirmação. Não adianta ter medo de sofrer por ter medo de sofrer. Assim como ninguém pode tomar banho por você, usando uma expressão chula, não adianta ter medo.

Todos podem e devem se cuidar, mas ninguém deve se escravizar diante da cultura do medo. O medo é inimigo do amor ao próximo. Quem prega o medo, escraviza.

Nos meios empresariais existe uma organização de recursos humanos que bloqueia e intervém quando os empregados trabalham sob medo da sua autoridade. Ah? Não sabiam? Existe e é mantida por algumas multinacionais que não suportam tais práticas. O líder empresarial antes obtém o respeito dos seus funcionários pela qualidade no ambiente de trabalho.

Se eu pudesse aconselhar alguém que leia esse texto, eu aconselharia a não ler um livro mau duas vezes. O final não é bom e você já sabe como é que termina.

Todos os minutos da vida são preciosos, leia sabedoria, conhecimento, experiências de vida, superações. Estilo é estilo e podem seguir os seus próprios rumos, não são os meus.

Um livro bom te faz ver qualidades em pessoas com as quais você nunca sequer sonhou. Um livro bom anima e eleva a vontade de ser feliz, a esperança, a perseverança e vários outros sentimentos bons muito citados na Bíblia.

Mas se você quiser ler sobre química e física? Não há mal nenhum no conhecimento quando voltado ao bem do ser humano.

Agora me surgiu outra frase bastante dita: todo o conhecimento é para o bem e para o mal.

Com a diferença de que seguir com o bem é melhor, aprazível e producente e, seguir com o mal e para o mal pode significar a infelicidade constante de quem assim se convence.

Não que seja um pensamento maniqueísta de bem e mal, mas muitos dos dissabores pessoais se podem evitar quando se pretende ser bom para si e para os outros.

Agindo como uma publicitária, eu agora faço propaganda da Bíblia, contém autores para todos os gostos e você pode se agradar mais de algumas partes em detrimento de outras.

Você pode não sentir medo de viver bem, conceito especialmente válido para os dias de hoje, onde o medo é regra.

Existem muitos livros bons para se compartilhar, não tenha medo e, se quiser aceite a sugestão.

Quem é feliz faz o outro feliz, dentro das dificuldades, as quais todos têm as suas.

4 comentários:

Rosemildo Sales Furtado Furtado disse...

Olá amiga! Passando para te cumprimentar e apreciar este teu belo texto.

Beijos e um ótimo feriadão para ti e para os teus.

Furtado.

La Gata Coqueta disse...



No hay que tener miedo de hacer lo imposible,
aún cuando los demás no piensen
que lo podremos lograr.

Recordemos que la historia está repleta
de logros increíbles alcanzados
por aquellos que fueron lo suficiente decididos,
para creer en sí mismos.

Un abrazo de sencillas flores
Para finalizar la semana
Con aromas de primavera…

Atte.
María Del Carmen


Célia Rangel disse...

Livros sempre me fornecem pistas de vivências. Ler é meu vício bom.
Abraço.

Maria disse...

Todos os momentos são mesmo preciosos e na leitura como em tudo na vida devemos gastar o nosso tempo com o que realmente interessa:)
Bjs
Maria