Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

http://frasesemcompromisso.blogs.sapo.pt/

O blog da Nina, menina que lia quadrinhos.

sábado, 31 de julho de 2021

Carta Literária Inspirada no Jornal Rascunho

      Curitiba, 31 de julho de 2021

     Querido Professor


     Devo dizer que o seu texto me inspira a escrever, e te dar razão dogmática sim, porque você gosta de textos de cunho espiritual.

     Pelo que percebo, apesar de cristã, é que no mundo espiritual as histórias são perfeitas e têm final feliz quando existe a inocência na alma.

     No entanto, essas histórias, sob o ponto de vista material e humano não têm sentido.

     Pois veja essa história:

     Duas crianças se encontram por acaso numa lanchonete, e uma delas pede um convite para ir ao clube, mas a outra responde que não é sócia, que frequenta o clube porque o seu pai é amigo de muitos senhores que vão ao clube, e ela só gostava mesmo era de ver os cavalos saltando as barreiras, porque aqueles saltos de obstáculos lhe dava um arrepio divertido.

     A outra criança pediu para ser apresentada ao pai dela, porque haveria um pedido para acompanhá-lo ao clube, mesmo que fosse somente para homens, porque sepois ela saberia de tudo.

     A família do requerente de convite ouviu, e os planos para que o garoto conseguisse um convite foram por água abaixo.

     Não mais se viram, muito embora uma amiga da mãe da garota cantasse uma música para perguntar se a amiga conhecia a música.

     Passam-se vinte e poucos anos, e acontece o reencontro. Ele veio porque muito se havia falado sobre o peso da cidadã, e ele até pediu para que a garota lembrasse do peso da tia dele, lembrando que eram amigos.

     Feliz por um lado e extremamente ansioso por outro, pois a namorada dele havia feito um aborto para provar que o amava. A moça respondeu que aquele era um pecado horrível e que Deus deveria ter visto.

     Depois disse que iria se casar assim que tivesse condições financeiras. Casou, mas devia favores aos sogros.

     A moça entregou-lhe o convite para o clube. Ela realmente sabia como conseguir o convite para assistir os cavalos saltarem.

     Ele entrou para o clube.

     Pasados dez anos, o homem pede para ser amigo da família. Pediu, não é. Ficaram distantes.

     Houve um cruzar de caminhos rapidamente. Ele, a esposa e os filhos. Algo de passagem e bastante simpático por parte da esposa que mostrou as crianças com felicidade.

     O resumo veio no fim, quando um tudo de bom antes de partir dessa existência para o mundo espiritual foi desejado sinceramente.

     Como eu poderia negar-lhe esta carta literária, em tempos tão difíceis?

     Um abraço, Yayá.


     Obs. Ler pode trazer ideias para escrever. Grata ao pessoal da literatura!



Consolações

Consolações


Aceito este tempo,

 Acendo o calor

E o fogo lento,

Água e vapor;


No pensamento,

Vento a favor

Do encolhimento

Refletidor,


Racionamento

Da imensa dor

Que está no tempo,

Consolador.

 


sexta-feira, 30 de julho de 2021

Diferentes Pontos de Vista / Crônica do Cotidiano

Diferentes Pontos de Vista / Crônica do Cotidiano


     A funcionária mais eficiente da face da Terra me mandou uma mensagem às 7:15 da manhã.

     Além da mensagem, o celular com a temperatura marcava menos três graus centígrados, depois dos menos quatro graus centígrados marcados às seis e meia da manhã.

     Em resumo, eu já tinha feito o desjejum quando recebi a mensagem.

     A loja mantém o ar condicionado ao vinte graus centígrados o dia inteiro, acha que vende mais, e até concordo, pois se o calor é forte ou o frio congelante, eu passo naquela loja.

     As propagandas impressas e enviadas pelos correios voltaram, e também os email aparecem com as novidades das empresas.

     É o momento de se utilizar das diversas culturas, e é interessante lembrar dos livros e filmes, mas para se relacionar com as pessoas.

     Entro em contato com outra vendedora mais tarde e estranho o modo de conversar bastante diferente daquele ao qual estou acostumada, mas muito solícita e calma. Quando terminou o diálogo, em português do Brasil, fui pesquisar se havia alguma modificação na loja e tentar descobrir sobre este estranhamento pela internet. A loja onde ela estava havia se associado a uma multinacional europeia.

     Pela mesma internet recebo uma propaganda contando de uma associação de outra empresa, uma multinacional, compartilhando com os seus possíveis clientes os novos projetos tornados possíveis por uma empresa brasileira.

     A cultura se movimenta em conjunto com a situação apresentada, isto é fato, mas a modificação cultural será observada pelas próximas gerações.

     Por outro lado, estamos nos comunicando e acrescendo cultura informalmente, e se for possível, transmitindo a cultura adquirida até aqui para as outras pessoas.

     Pelo menos esses dias de congelamento pessoal, cafés quentes, e de outra rotina, estão sendo úteis para o conhecimento.    

quinta-feira, 29 de julho de 2021

Encruzilhada / Reflexão

 Encruzilhada / Reflexão


     A palavra encruzilhada é uma das mais bem significativas e conhecidas de todos.

     Não é difícil de acontecer, e pode ser bem mais simples do que se imagina.

     Hoje, a internet é companhia, e certa vez levei em passeio o celular e o carregador errado. Não é possível ficar sem celular, pois telefones públicos com fichas é antiguidade.

     Vamos às compras. Nem sempre se encontra fácil uma loja de acessórios para celular. Comprar celular novo? Que absurdo!

     Comprei, barato, o mais barato que consegui. O fato é uma encruzilhada, e se tem poucas opções, mas ainda se escolhe o que fazer.

     A bateria do celular durava entre duas e três horas usando somente para fazer chamadas. É guardado com carinho até hoje.

     Quando se está diante de uma encruzilhada, fazer o certo dentro das possibilidades é o melhor caminho, essa lição aprendi sozinha.

     É bom observar que as outras pessoas se importam com você e todos os outros, fato normal do cotidiano.

     A partir desse ponto, pode-se dizer que a decisão certa é que é a difícil, e que procurar não errar é o caminho, o começo de um caminho.

     Não se trata de tecer teorias sobre o certo e o errado, embora existam o que é certo e o que é errado, mas de ser o melhor que se pode ser diante das circunstâncias apresentadas por uma encruzilhada.

     Seguir o caminho, depois da escolha, é obrigatório. Tinha nas mãos um celular de qualidade ruim, com a bateria fraca, e tinha que me virar com isso.

     Não adianta se culpar pela encruzilhada. De que adiantaria ficar me culpando pelo carregador do celular errado e arruinar toda a atividade a ser feita? Essa atitude acumularia problemas.

     De que adiantaria ficar sem um celular que me atualizasse sobre a programação da atividade do passeio? A atividade não poderia ser realizada conforme deveria ser realizada.

     Para que eu compraria um celular bom, se o problema era o carregador e não o celular?

     Por outro lado, poderia se perder toda a programação da atividade se eu fosse em busca de uma loja de acessórios onde fosse encontrado o carregador específico.

     Tudo bem que essa história é do tempo em que cada celular vinha com um carregador diferente, e se ninguém tivesse o celular da marca especificada, nenhum outro carregador serviria.

     Eu também poderia perguntar para os outros participantes sobre a marca do celular de cada um, mas soaria esquisito até para os meus ouvidos.

     Encruzilada é encruzilhada, e havia apenas dois caminho, o da loja de acessórios e o da loja de celulares.

     Escolhi o que consegui naquela hora e foi a melhor decisão, com prejuízo mínimo.

     Acontece. Escolhe-se o que parecer o melhor caminho.

     Com a bênção de Deus seguimos o caminho.    

quarta-feira, 28 de julho de 2021

O Criador

O Criador


Desafiador

É todo dia,

E uma energia


É a fé, ao dispor

Desse tal dia.

De autonomia


Própria, o Criador


Decide o dia. 

terça-feira, 27 de julho de 2021

Impensável

Impensável


 Hora e tempo,

Invariável

Pensamento


 E argumento

Que é o provável

Nascimento


Desse tempo

Impensável.

segunda-feira, 26 de julho de 2021

Passantes

Passantes


De novo, a janela,

Minha sentinela

Das diversas cores,


Todos passam nela,

E a emoção é singela

Por ver tantas dores


Na rústica tela


Com seus editores.