Lugares Bonitos

Lugares Bonitos

http://frasesemcompromisso.blogs.sapo.pt/

O blog da Nina, menina que lia quadrinhos.

sábado, 22 de março de 2014

O Quê?!

O Quê?!

clip_image002

Um amigo encontra-se com o outro depois de algum tempo sem conversarem.

_Como está você? Soube que você estava sofrendo muito.

O outro respondeu:

_Quem te disse isso?

O primeiro disse que era visível, que todos sabiam que o amigo tinha emagrecido e que estava com olheiras. Disse também que estava feliz em perceber que o outro estava bem.

_Erraram feio. Eu não estava sofrendo, estava fazendo hora extra. Aliás, fiz horas extras por muito tempo, mas nos momentos de folga li e escutei músicas do meu agrado. O ambiente de trabalho era adequado, mantive o essencial para conseguir fazer as horas extras. Estou bem.

O primeiro disse que não tinha a noção de que se poderiam ter bons momentos enquanto a aparência empalidecia.

_Engano seu, os momentos de convivência foram excepcionais. Estou bem.

O primeiro disse que todos pensavam que, depois do excesso de trabalho, ele iria extravasar.

_Não tenho motivos para agir assim, estou equilibrado tanto pelo lado físico quanto o emocional.

O primeiro disse que ele poderia contar com ele e dizer do que precisava.

_Obrigado, mas no momento não preciso de nada. As horas extras terminaram e eu consigo mais tempo para aparentar melhor, me alimentar melhor, ganhei os quilos que perdi durante as horas extras, o tempo de lazer aumentou, a minha vida pessoal está em ordem, estou em dia comigo mesmo.

O primeiro exclamou:

_O quê?! Se eu soubesse que tudo ficaria bem, eu teria pegado a sua vaga!

O outro sorriu até cansar e disse que as horas extras tinham acabado, senão ele as passaria para o amigo caso fosse necessário. Repetiu pela enésima vez que estava bem e bem resolvida estava à questão das horas extras.

_O quê?! Como foi que eu não percebi antes?

Enquanto um amigo ficou estático, o outro seguiu o seu caminho.

Nesse caso a situação era a inversa do ditado, e assim engraçada:

_Ele era feliz e eu não sabia...

Um comentário:

António Jesus Batalha disse...

Ao passar pela net encontrei seu blog, estive a ver e ler alguma postagens
é um bom blog, daqueles que gostamos de visitar, e ficar mais um pouco.
Eu também tenho um blog, Peregrino E servo, se desejar fazer uma visita.
Ficarei radiante se desejar fazer parte dos meus amigos virtuais, saiba que sempre retribuo seguido
também o seu blog.
Deixo os meus cumprimentos e saudações.
Sou António Batalha.