Lugares Bonitos

Lugares Bonitos

http://frasesemcompromisso.blogs.sapo.pt/

O blog da Nina, menina que lia quadrinhos.

sexta-feira, 14 de março de 2014

Cuidando da Casa / Crônica do Cotidiano

Cuidando da Casa / Crônica do Cotidiano

clip_image002

Não é novidade, cada crônica eu conto de mim e do cotidiano que me faz feliz a cada dia.

As pessoas são surpreendentes e, é muito boa a convivência com toda essa gente que me rodeia.

Quando vou ao supermercado, tenho a certeza que terei assunto, mas hoje foi especial.

Mandei tingir algumas peças de roupas que, por engano, foram lavadas com uma bermuda azul e ficaram com manchas azuis.

A senhora que fez o tingimento das roupas me deu aquela bronca:

_Ou você para de misturar roupas coloridas com as roupas claras, ou o seu guarda-roupa ficará azul.

Ouvi atenciosamente e pensei que ela não tinha nada a ver com isso. Tudo bem que ela se apavorou ao tingir as calças beges e as viu rajada de azul marinho e cinza, acontece. Também eu entendo que ela não gostou da saia cinza ter ficado com pespontos cinza perante tanto azul. Ela estava apavorada que eu não aceitasse o serviço e exigisse roupas novas. O meu sorriso contou a ela que eu estava satisfeita, adoro peças diferentes para o uso informal.

     _Volte sempre. Cuide das suas roupas, por favor.

Eu saí depois e fiquei pensando em mim, para variar. Ainda tenho expectativas e curiosidades de usar roupas diferentes, customizadas, de me divertir em momentos informais com roupas e detalhes extravagantes.

Passeando, lembrei-me de uma saia cinza de tecido de brim, a qual manchou com um produto de limpeza.

Lembrei-me do que fiz: lavei e esperei secar. Depois de seca, eu a coloquei numa água com alvejante e deixei por uma hora. Essa saia veio à lembrança porque me desfiz dela há pouco tempo, porque estava gasta demais e, como eu gostava muito dela, usei por verões a fio.

Num ato falho manchei outra saia. Não adianta não, eu não tenho jeito para me comportar demais.

Encurtando o assunto, prometi à dona do estabelecimento de costuras que voltaria lá. Gostei dela. Quem sabe ela não ponha algum juízo nessa cabecinha oca?

O cansaço me pegou e escrevo bobagens, seja o que Deusa quiser!

Vou descansar, até daqui a pouco. Daqui a pouco é coisa que não falta num supermercado.

Um comentário:

Odair Ribeiro disse...

"Num ato falho manchei outra saia. Não adianta não, eu não tenho jeito para me comportar demais."

Muito bom mesmo, estilo ímpar!

abração!Volto.