VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Flash

Flashclip_image002

_Eu e o meu marido viemos para o Brasil quando engravidei do meu segundo filho. Na China tem muita gente.

_Os meus pais tinham um comércio em Moscou. Para que discutir com o governo? Mudamos.

_Eu era jovem e não sabia o que queria da América. Aqui eu achei o que querer.

_Viemos fugindo da guerra enrolados em cobertores num trem de carga, tínhamos medo que descobrissem que éramos judeus.

_O tsunami destruiu a casa do meu primo na Malásia, mas ele está vivo. Conversamos ontem pela internet.

_Viajo para a Polônia todos os anos. Amo dois países.

_Eu sou de Cuba e trabalhava para o governo, mas Che fez a minha cabeça e hoje sou pan-americano.

_Eu vim me despedir. Vou me casar com um parente distante no Líbano.

_Sou filho de gregos, somos quase italianos, mas os nossos deuses vieram primeiro.

_O respeito ao idoso é o respeito à sabedoria e um agradecimento à vida. Yoya não, Yayá, aprendi. Obrigada.

_A fome de vocês é melhor que a fome na África, eu não vejo pessoas morrendo de fome nas ruas enquanto buscam comida.

_Experimente este pão com schimia, a receita é tradicional da Alemanha, um sabor inigualável.

_Deixarei o seu piano tão bom quanto um bandonion.

_Português que não tem imensos sentimentos não é português.

_Em casa de italiano que manda é a mamma, depois da nonna.

15 comentários:

Aclim disse...

Muito bom Yayá, post cult como sempre.

Abraço amada

Vera Lúcia disse...

Belo post, Yayá.
Flashes bem selecionados. Muito interessante. Gostei.
Por que sumiu? Apareça para um abraço.
Beijokas.

Ingrid disse...

gostei linda!
beijos e obrigada sempre..

Mery disse...

Também gostei muito,"português que não tem sentimentos não é português",
é vero, como dizia a mama, depois da nona...Beijinhos da Mery.

CEM PALAVRAS disse...

Um viva à nossa terra boa e à diversidade.
Beijos

Jorge disse...

Este post muito bom, fez-me lembrar um programa que a RTP2 apresentou ontem, onde várias famílias de imigrantes em Portugal, contaram as suas histórias. Que força de vida a desta gente! Bem merecem ter sorte. A coexistência saudável, entre pessoas de todas as origens, sem medos que descubram isto ou aquilo, devia ser norma real e não fictícia como é na União Europeia.

Borboleteando disse...

Oi, querida! Tem um selinho bem fofo para você em meu blog:

Van disse...

Ai, que incrível!

Parece um passeio pelo Brasil todo...de todos

Criatividade nota 1000, Yayá!

Beijos

Bruna Dayane Sagaz disse...

"_O respeito ao idoso é o respeito à sabedoria e um agradecimento à vida. "

Num mundo tão corrido e tão descartável, a sabedoria ta perdendo sua vez, o importante agora é quantidade de informação =/ Infelizmente informação inúteis, que não garante respeito a quem merece: o idoso!

Célia disse...

...Sentimentos, exportação em porões de navios, respeito ao idoso... são valores que também aprendi em família. Tínhamos presença da família em nossa educação!! Hoje, tudo mudou e muito!! Rever valores? Talvez...
Abraço, Célia.

OceanoAzul.Sonhos disse...

Magnifico Yayá!!

beijinho
oa.s

Marisa Ferreira disse...

_Português que não tem imensos sentimentos não é português.
AHAH Adorei. Sou portuguesa e sou cheia de sentimentos =) *

Maggie May disse...

é a globalização, que existe desde que o mundo é mundo, pessoas que vem , que mudam, que voltam, que ficam...

Graça Pereira disse...

Minha Querida
Um flash curioso e interessante, como todas as postagens que tu fazes.
Obrigada pela tua visita durante as minhas férias!
Gratissima!
Beijo amigo
Graça

Lídia Borges disse...

Muito interessantes estes flashes dando conta da diversidade deste mundo que partilhamos.

Um beijo