Lugares Bonitos

Lugares Bonitos

http://frasesemcompromisso.blogs.sapo.pt/

O blog da Nina, menina que lia quadrinhos.

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

O Amor é Burro

clip_image002O Amor é Burroclip_image004

_Seu João, eu sei que o senhor cuida de animais, é tratador e não me leve a mal. A égua Grand Prix terá tratador particular e segurança, paguei muito caro por ela e contratei pessoal para ela. Disse o dono da fazenda.

João pensou no preço e concordou com o doutor. Era melhor não cuidar se o animal era premiado. Mas o doutor continuou:

_João, se você soubesse o que eu vi quando menino. O meu pai tinha criação também. Eis que um burro rondava a fazenda e o meu pai dizia para que eu não deixasse ele se aproximar das éguas. Eu, moleque, ia jogar bola e deixei as éguas com os cavalos no pasto.

Quando volto, o burro tinha entrado e pastava também. O burro não tem a pose de um garanhão, ele é pacato, cordato, sério e, pasme! Sensível. Ele passeava por entre as éguas no pasto quando uma delas relinchou para ele e ele ensaiou os seus zurros.

Eu, garoto, curioso, fiquei lá de sonso, não toquei o burro. O burro e a égua namoravam e eu olhando. Passados alguns meses, a égua sumiu. Quando a égua sumiu, eu corri para o meu pai e disse a ele que uma das nossas éguas havia sido roubada. O pai disse que por aquelas bandas não tinha ladrão e que eu tomasse cuidado com onça ou outro bicho feroz.

Um dia eu e o meu pai fomos à cidade comprar sal e no caminho a avistamos. Ela estava prenha e o meu pai perguntou se eu sabia com qual dos cavalos ela havia cruzado. Eu baixei os olhos, envergonhado e fiquei quieto. Quando eu baixei os olhos, ele disse que ela havia cruzado com um burro e que eu havia escondido o acontecido dele.

_Filho, a égua não é mais nossa. Se existe amor entre os bichos com total fidelidade é o amor entre o burro e a égua. Eles não se separam, abandonam os seus rebanhos e seguem o seu caminho. Agora resta a nós dois observarmos esse amor e ajudar a cuidar da cria deles, não há nada que os façam voltar a ser o que eram antes. O burro ainda se comunica com os outros burros, mas a égua fica ao lado do seu escolhido. A maioria das éguas segue o instinto e gostam do garanhão, mas a égua que escolhe o burro, não.

Depois do acontecido, demos o casal a uns conhecidos para que ajudassem na lida. Eles não poderiam retornar à fazenda porque um burro chama o outro e iríamos perder as éguas, e nós teríamos que adquirir outras éguas para o garanhão. Esse amor eu presenciei e admirei. Ambos são bons, mas com gênios diferentes.

A égua Grand Prix é reprodutora, mas deixe, eu cuido dela.

João não disse nada. Concordou com o doutor e saiu cuidar da lida.

13 comentários:

Elisa T. Campos disse...

Tens um jeito lindo e muito peculiar de escrever.Gostei muito. Estou seguindo.Obrigada pela visita.bjs

Jorge disse...

É burro e cego! Belo conto!

Majoli disse...

Como sempre, seus contos são ímpares, a gente começa e nunca sabe como vai acabar.
Mas eu gosto muito de sua criatividade.
Parabéns Yayá.
Tenha uma boa semana querida.
Beijos.

Paulo Francisco disse...

Bota cego nisso! mas...
Gostei do conto.
Um beijo grande

Marly Bastos disse...

É yayá concordando contigo:O AMOR É BURRO.
Beijokas e uma boa semana.

Luís Coelho disse...

Não conhecia este amor entre os animais.
Um texto com leveza e alguma graça que ajuda na leitura.

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom alvorecer!
minha querida...alguém já tinha me dito que o amor é burro,e eu nem me dei conta...tbm sou burra por amar demais,kkkkkkkkkkk
Bjsssssssssss

Célia disse...

Fidelidade animalesca ou burrice mesmo?? Fiquei na dúvida... Mas, prefiro a fidelidade do amor e no amor! Abraço da Célia.

lis disse...

U m conto interessante que traz algo que não conhecia.
O amor burro rs
O amor dos animais é de fato bonito, nem sempre fiel, mas curioso.
um abraço e boa semana

Libelu disse...

es una buena historia...una metáfora muy buena.
gracias por visitarme
besos

Ivone Poemas disse...

Amei, o amor é lindo, mesmo que seja assim, "burro", muito bom mesmo, como todas as suas estórias!!!
Ivone
Meus blogs:
"poemas sem peias" e "levitar em brancas nuvens"

ANALUZ disse...

o amor não é burro, não, e essa história linda e comovente apenas mostra o poder do amor mesmo na raça animal!! (seres que o expressam trilhóes de vezes melhorque nós/sem condições e particularidades)

beijo

denise dutra disse...

hhahahhaha
que mimo.
adorei.
tai. o amor faz as suas escolhas, e só cabe a gente aceitar e agradecer todos os dias por amar , sem olhar pro lado, sem pensar que amar é "aparência".
adorei o texto.