VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

domingo, 30 de agosto de 2015

Só Deus Sabe

Só Deus Sabe
clip_image002
O título é uma expressão muito interessante, pois o Senhor não precisa de nós para ser Deus, mas nós, sem Ele, estamos expostos aos artifícios desse mundo.
Ele conhece os bons propósitos que habitam boa parte da humanidade e os concilia. Nós, não.
Ele é amor e quem tem o coração voltado ao próximo que o sabe sem o conhecer.
Ele é fiel, como nós, pessoas de bem, procuramos ser em todas as coisas. Fiel a todos nós, independentemente da nossa vontade e, aquele, que o sabe, sabe que Ele não distingue as pessoas. Tudo o que distingue e separa não vem dele, mas do mundo.
Ele é a verdade e se mostra de acordo com o tempo dele e a quem Ele quer mostrar. A verdade, quando dita por Ele, é completa, clara, esclarecedora e ininteligível ao escarnecedor ou a quem a busca com o intuito único de adquirir conhecimento.
Essa é a verdade primeira, assim não somos confundidos pelo inimigo quando a luz está presente.
E a verdade não se mostra em sua plenitude onde o amor não existe. E, quando a verdade aparece fora do tempo em que gostaríamos, brilha com a intensidade Dele e somente a Ele cabe saber os porquês do seu tempo.
Se Ele é fiel, devemos confiar Nele e na sua benignidade.
Enquanto humano, veio ao mundo para acabar com os sacrifícios e o fez realizando-se através da Palavra atemporal, palavra essa que precisa ser conhecida por mais gente e sem sacrifício algum além da lembrança do Seu Nome.
Não é fácil difundir sequer a palavra amor pelo mundo afora, pois há tanta gente que não consegue acreditar no amor e nas suas possibilidades. Somente Deus pode fazer com que o mundo creia no amor ao próximo. Interessante é observar como o mundo acredita em muitas tolices e não acredita na boa vontade dos homens.
Ao tentar mostrar que há o que acreditar, logo vem à resposta dizendo que o mal é certo e ocorre a cada uma das pessoas desse mundo.
Não é porque todos têm os seus dias de sofrimento que não se aconselha a acreditar no amor, enquanto graça divina. Porque toda forma de amor é uma graça divina e sem ele, restaria o conforto deste mundo e todo o conforto do mundo é pouco para quem é incapaz de acreditar no bem.
Tem muita gente sem acesso à informática, acesso ao mínimo conhecimento básico necessário para a sobrevivência. O amor em forma de respeito pode minorar o sofrimento dessa gente que tem fome de uma palavra e essa palavra é amor.
O respeito ao amor cria a dignidade da vida humana e a conscientização de que existe Alguém que trouxe alimento espiritual. Esse alguém é Deus.
Bom domingo!

Nenhum comentário: