VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Sempre-Viva

Sempre-Viva

clip_image002

Sempre-viva, flor de jardim,

Que me diz do amor corriqueiro,

Que alimenta algum querubim,

Transformada em bem altaneiro.

 

E, ao ser dia, renasce sem fim,

Pois, semente de rumo e outeiro,

É família que habita em mim;

Projeção do que é verdadeiro.

 

Seu lugar é o de um anjo afim

Que abençoa esse lar prazenteiro.

A brindar, eu te louvo assim,

Quase em festa, mas costumeiro.

Nenhum comentário: