VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Etéreo Poema

Etéreo Poema

clip_image002

Continuar a caminhada,

Sem que se conte a inspiração,

Sugestão etérea e fantasiada

De passarela, é uma ilação.

 

Num clique de moda, a alma alada,

Fotografada, é a perfeição,

De todo enleio, sincronizada,

Ao momento único; oblação.

 

A compreensão que não é influenciada,

Possui a beleza da amplidão,

Das percepções, esvoaçada,

Por entre o ser e a mansidão.

Um comentário:

Élys disse...

Um etéreo poema pleno de encanto...
Gostei muito!
Élys.