Lugares Bonitos

Lugares Bonitos

http://frasesemcompromisso.blogs.sapo.pt/

O blog da Nina, menina que lia quadrinhos.

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Galeteria

Galeteria

clip_image002

A luz está acesa,

A refeição pronta

E a decisão coesa,

Nessa razão e afronta.

 

E pressentia o persa,

A posição contra

À solidão ilesa;

Que a pequenez zomba.

 

Na familiar pressa,

Carne à menor monta

Ao convidado extra

Que se chegou à soma.

 

Cadê a gentileza

Ao transgredir a hora

Servil de tristeza

Descabida e insossa?

 

Que o paladar seja

peso à especial forma

de dessalgar dessa

Galeteria; um dogma.

8 comentários:

Everson Russo disse...

Um belo poema amiga...beijos de bom sábado pra ti.

Lia Noronha disse...

Yayá: a palavra cumprindo a sua missão..de poetizar a rotineira vida!!bjis carinhosos

Evandro L. Mezadri disse...

Bela poesia, gostei de seu estilo.
Blog de qualidade, serei um seguidor.
Grande abraço e sucesso!

Pérola disse...

Muito original.
Como um tema tão delicioso pode tomar formas poéticas!
Adorei!
Um beijinho

aluap disse...

Eu gosto muito de prosa, na forma de conto ou romance, mas a sua poesia Yayá tem um paladar diferente, especial, diria. Eu gosto de lê-la.

Abraço,
Paula

Michelle Trindade disse...

Linda poesia essa galeteria, bem diferente e original. Adorei!
Bjus e boa semana,

Elisa T. Campos disse...

Querida Yayá

Como sempre um belo poema rimado que só você sabe fazer.

Bjs

MARIA DA FONTE disse...

Que bonito e que original!
beijinhos