VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

domingo, 24 de agosto de 2014

Reticências

Reticências

...

Saudade ou despeito,

O que há nesse peito,

Não te cabe, Oh, vista!

 

Num jeito sem jeito,

O poema é perfeito,

Coração não é pista...

 

P’ra onde foi o desfeito,

 

Encontrou o que dista.

Um comentário:

XicoAlmeida disse...

Reticencias...
Estrada aberta para tanto, o dito, esquecido e o que por dizer.
E tanto por la cabe, principalmente o que fica por dizer...
Um abraco amigo.