VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Lampejo

Lampejo

clip_image002

Nem em meus sonhos vejo

O que à janela passa,

São a pirueta e o beijo

Acima da vidraça.

 

Plasticidade e ensejo

De ser somente graça

De pão, goiabada e queijo,

E, bem-te-vi na praça.

 

E viu o voo algum desejo,

Fotografia que abraça

Nessa visão e lampejo

Da liberdade e a garça.

Um comentário:

Nanda disse...

Adoro poemas (embora ache difícil comentá-los), então vim procurar um pra ler. Muito bonita a escolha das palavras... poema leve e bom de ler.
Bom fim de semana!