VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Um Detalhe ou Outro / Crônica de Natal

Um Detalhe ou Outro / Crônica de Natal



     Para a maioria de nós a festa foi boa com jantar ontem e repetição hoje.
     Infelizmente sabemos que nem todos tiveram um Natal tão bom e oramos por todas as famílias que precisam de ajuda e conforto, conforme cristãos que somos.
     Por aqui também, tudo certo. Excetuando o besouro verde que cismou que a árvore de Natal era verdadeira e resolveu se instalar nela.
     Eu tentei capturá-lo numa caixinha, mas ele se escondeu na árvore com bolinhas e luzes coloridas.
     Eu pedi ajuda para capturar o besouro verde, mas o meu irmão se negou alegando que o besouro verde é um agente da lei e ele fica até resolver sair.
     Eu disse a ele que o besouro verde ficará na árvore até que as festas acabem e, aí, o problema será meu.
     Aí ele disse que eu posso espantar o besouro com alguma revista ou algo semelhante porque o besouro verde não morde.
     A verdade é que não podemos sacudir a árvore para retirar o besouro verde de lá. É só acender as luzes coloridas que ele começa a voar, mas não encontra o caminho da janela.
     Aí eu abri a janela e, o que aconteceu? Outro inseto adentrou a sala. Esse, eu não sei do que se trata. Saí da sala e fechei a porta. Voava em direção à lâmpada da sala com rapidez.
     Esperei alguns minutos e, o inseto não estava mais lá. Ou encontrou o caminho para a janela, ou entrou naquele recipiente pendurado no teto que enfeita a lâmpada.
     O problema é que eu tenho o besouro verde como enfeite de arvora e terei que conviver com ele mais alguns dias.
     Ele aparece quando as luzes da árvore são acesas à noite. Durante o dia ele se esconde em qualquer canto que eu não o encontre.
     O besouro nos remeteu à infância e aos dias quentes, onde tudo era motivo para festa.
     Por que é que eu não estou na sala descansando? Porque eu sei que tem um besouro verde lá.
     Vou descansar por aqui mesmo que o cansaço está pegando. Depois, é melhor descansar para planejar o Ano Novo, mudando o cardápio ligeiramente.
     O cardápio brasileiro com frutas frescas nessa época de calor vem bem ao gosto.
     O besouro verde não entra no cardápio. Eu gosto de música.
     Quantos aos planos para o Ano Novo, o primeiro é que o besouro verde não me incomode enquanto eu lido com o meus pensamentos.
    Bom Natal!

     

Nenhum comentário: