VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

terça-feira, 21 de abril de 2015

Testando o Papai / Crônica do Cotidiano

Testando o Papai / Crônica do Cotidiano

clip_image002

Passeio na livraria. Fila. Na frente uma família, pai, mãe e filho.

A atendente passava os objetos no leito óptico enquanto eu dava uma olhada na estante. De repente, a pergunta insólita do guri, ao ouvir a moça dizer o preço do jogo para computador:

_Papai, o preço que ela disse é caro ou barato?

O pai olhou para o filho sorriu e disse que o preço era caro.

O garoto olhou para o pai e perguntou:

_Papai, por que você está comprando algo caro para mim?

A esposa e mão do garoto colocou a mão sobre a boca para segurar o riso enquanto olhava para o marido.

O homem, com jeito de pai, meio sério, meio sorrindo e meio sem graça respondeu:

_Porque é seu aniversário e eu quero te dar um presente.

O garoto olhou absorto e murmurou um ah longo e reticente como quem percebe que é alguém caro para o pai dele.

Pai e mãe se entreolham e sorriem entre si como quem sabe que precisa dizer que gosta gratuitamente.

Livro pago e avista-se outro pai com um copo de plástico com canudinho dirigindo-se à moça do leitor óptico com a filha ao lado.

A menina estava muito feliz com o copo cor-de-rosa com canudinho e, animada, perguntou ao pai:

_Papai esse copo é de mocinha?

O pai respondeu como deveria responde e disse a verdade:

_O copo é para criança e é para você tomar suco, chá ou leite com chocolate à vontade, sem ter com o que se preocupar.

A menina não gostou da resposta e correu para a mãe, que estava a alguns passos adiante olhando os artigos de papelaria.

_Mamãe, o papai disse que o copo é para criança. Eu gostei do copo, mas eu já sou mocinha, o que é que eu digo para o papai?

A mãe olha para o marido e diz em bom som:

_Diga para o seu pai que você é mocinha e que o copo é para mocinhas iguais a você.

A menina corre para o lado do pai:

_Papai, a mamãe falou que é para eu dizer para você que eu sou mocinha e que o copo é para alguém que nem eu.

O pai caiu na risada e disse para a filha ir ao caixa pagar o copo junto com ele porque ela, que já era mocinha é quem iria levar o pacote com o copo de plástico para casa.

A alegria da menina foi imensa e disse para a mãe, ainda alguns passos distantes:

_Mamãe, hoje quem leva a compra para casa sou eu.

A mãe olhou para o marido e concordou piscando para ele.

Ou eu me engano ou as mamães fizeram um teste para o próximo segundo domingo de maio.

Bonito de ver.

Um comentário:

Élys disse...

Gostei muito... Uma crônica deliciosa.
Bom feriado.