VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sábado, 28 de janeiro de 2012

Desencaixe

Desencaixeclip_image002

Sei que muitos sofrem com os problemas de saúde. Mas, alguém já ouviu falar na dor de desencaixe de quadril?

A solução é razoavelmente simples, ergue-se a pessoa abraçando por debaixo dos braços em posição reta e pronta, os músculos e ossos ficam no lugar.

Quando não se tem médico e anestésicos por perto, é que a situação complica. Mas, profissionais treinados podem ajudar-nos a dizer todos os impropérios imaginados.

Cansa, sinceramente cansa ter um pedido de exames complexos nas mãos enquanto o outro sente a dor quando o centro de diagnósticos está fechado. Os analgésicos não aliviam a dor de desencaixe e, quando passa o efeito da medicação, o sofrimento parece uma fratura. Mas não há fratura, porque os exames de urgência (raios-X) constataram que todos os ossos estão inteiros. Dói!

Bendito seja aquele que ajuda ao saber que não existe nenhuma fratura. A fé no ser humano deve ser cultivada porque tem gente boa neste mundo que alivia o sofrimento e as dores.

Tudo encaixado, passada a gritaria e o desespero, que venha um lindo domingo a todos e aguardaremos a criatividade. Graças a Deus e aos seres humanos de fé!

Obs. a)Peguei fotos de joelhos, não achei radiografias de desencaixe.

        b)Não me perguntem: “quem”?  eu amo a todos vocês.

6 comentários:

aluap disse...

Desencaixe de ombro já ouvi falar.
E sabe Yayá, mesmo quando se tem médico por perto entrega-se por vezes o caso antes a rezas e a mezinhas, que aos medicamentos. Hoje, por certo, há mais e melhor acesso a médicos, mas há imensas pessoas conhecedoras de doenças próprias ou de animais que ajudam a saber e a resolver.
Quem tem problemas de ossos também costuma prometer ao Santo advogado da doença.

Abraço

Marly Bastos disse...

Já vi uma senhora desencaixar o quadril na academia e um dos professores fez exatamente isso. A pessoa precisa ser mais alta que a outra e com mais força. Achei interessante o procedimento, mas somente lembrei agora que você escreveu sobre o assunto.
Bendito sejam os que praticam tal procedimento com certeza.
Beijokas doces

Elizabeth disse...

Mis mejores deseos son contigo siempre, tus ojos de paloma mantienen mi olivo florecido. Madurando esperanzas. Besos.

Antonio Pereira (Apon) disse...

Olá Iayá!

Contar com gente de bem, gente boa, compromissada com o ser humano e com o seu fazer. É perceber que Deus age por meio daqueles que se permitem e se fazem instrumentos do seu amor para aliviar a dor.

Um abração e boa semana.

Jorge disse...

Um post muito útil. Bom Domingo!

Elisa T. Campos disse...

Nem precisou de ortopedista
a dor parou de atormentar
quando um habilidoso ser
disse que não era fratura
e deu tranco em linha reta
um amigo massagista.

bjs