Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

http://frasesemcompromisso.blogs.sapo.pt/

O blog da Nina, menina que lia quadrinhos.

domingo, 17 de junho de 2018

Floreio

Floreio


Longe das frestas,
Surgem arestas;
Tudo é começo
Ainda sem preço.

Sem muitas festas,
Ideias modestas
Têm esse apreço;
 Direito e avesso.

Novas sestas
Possuem serestas
E seu adereço
Num som travesso.




2 comentários:

Célia Rangel disse...

Serestas me trazem saudade...
Abraço.

Portugalredecouvertes disse...

passei pelos blogues amigos,
vim a descoberta da casa dos poetas, encontrei alguns !
muito prazer :)

deixo um cestinho de flores diante da porta !
boa semana
Angela

https://poesiesenportugais.blogspot.com/