VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Palavra Candeeira



Palavra Candeeira

Se falei demais, perdoa,
Silenciada já gritava
Para ser pausada e boa.
A palavra não parava


De ser canção que se entoa
Em estúdio onde se grava
Por Deus, que vem e abençoa
O amor que se desentrava.


Todo o grão se aperfeiçoa,
Se recria em semente grada;
Não existe palavra à toa
Se Jesus dela se agrada.



Nenhum comentário: