Lugares Bonitos

Lugares Bonitos

http://frasesemcompromisso.blogs.sapo.pt/

O blog da Nina, menina que lia quadrinhos.

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Espelhos

 Espelhos

     Um espelho novo, um espelho antigo. O espelho antigo adivinha-me e me prevê. Pego o espelho antigo e mostro a quem está em casa. Surpreendente espelho que aumenta a autoestima do outro que não sou eu.
     Alguém nesta casa casa recebeu uma declaração de amor através de espelho meu, mas a declaração de amor não me pertence, apenas a espelho através de um espelho inesperado.
     Outro espelho me diz da dor que não é minha, mas também não é de casa.
     Espelhos que não confundem, mas mostram o amor e o desamor.
     E eu me espelho na alegria do amor ao outro dedicado através das palavras do que somente a verdade é capaz de responder.
     E eu me espelho na dor que não é minha e que precisa não ser minha, espelho do qual eu posso prescindir. Mas a dor do outro é tanta que me rouba o espelho à contragosto, para seu desgosto e um certo bem estar de minha parte.
     O meu espelho, porém, está oculto em percepções musicais etéreas; não sei mais porque tanto gostar das melodias; essas sim me espelham em cada nota observada com atenção.
     Se, esses espelhos, perguntam muito, têm algo a dizer.
     O amor ao outro me faz sorrir, embora mais parecido comigo do que com o outro.
     A dor do outro me faz sorrir porque o espelho foi roubado por bom ladrão. Que se entenda bom ladrão no sentido bíblico, aquele que rouba a dor do coração e faz sentir compaixão.
     O meu espelho, no entanto, foi sincero e disse-me que não me perca da canção que me espelha.
     Quem é que tem em casa um espelho só, ainda mais sendo mulher que se olha e se observa em qualquer espelho que encontre. 
     Quem é que, ao sair, não arruma jeito se se ver em espelho para ver como está ajeitado no andar?
     Eu só acho que três espelhos num dia só foi algo que mexeu comigo, mexeu mesmo.
     Devo dizê-lo.  

Nenhum comentário: