VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

domingo, 20 de setembro de 2015

Variação do Tema ? Crônica de Supermercado

Variação do Tema

clip_image002

Todo dia eu venho aqui e escrevo algo que ao menos, não me faça mal, procurando igualmente que o texto não faça mal a ninguém.

E saio e vou ao supermercado e recomeço o a escrever o que penso ser bom.

Hoje eu disse à moça que coma mais antes de sair de casa, pois beleza saudável não passa fome. Ela não gostou, mas alguém precisa dizer para que ela traga um lanche para comer no ponto do ônibus, pois a fome propositada, como é o caso dela, é má conselheira.

Acho que é o calor repentino que alterou a disposição de alguns transeuntes nesse domingo escaldante.

Outro cidadão disse que está magoado pela antiga professora, a qual, segundo ele, foi ofendida. A cidadania cabe a todos os cidadãos, mas a gente se sensibiliza quando o aluno toma a posição de defesa do mestre.

Um terceiro contava que está contente de não ter se machucado seriamente. Contou o motivo da dor e outro cidadão disse para tomar cuidado.

Assim eu iria passar à tarde, mas resolvi me aquietar aos livros.

Domingos assim ensinam a gente pela experiência dos outros.

Esse texto é uma variação de tema, mas passar fome sem necessidade, conseguir um problema muscular pelo excesso de atividade além da necessária é atitude incompreensível.

A outra questão ficou sem resposta, pois, eu disse à moça para não passar fome, o homem equidistante disse para parar com o excesso físico, mas ao aluno, ninguém disse nada.

Hoje o supermercado foi à crônica, mas não sei exatamente a alimentação balanceada para que a garota não passe fome e não engorde enquanto o outro cidadão, equidistante, não soube expor os limites adequados da atividade física e pediu ao conhecido que repousasse por enquanto e, o aluno ficou sem orientação porque os papéis se inverteram e não sabemos qual será a solução entre eles.

Pelo menos é domingo e todos podem aguardar a segunda-feira mais sossegada.

Um comentário:

Luiz Cidreira disse...

Com certeza, tudo muda quando o domingo é véspera de segunda feira.
Abraço