VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Preocupação Eleitoral / Crônica do Cotidiano

Preocupação Eleitoral / Crônica do Cotidiano

clip_image002

Preocupação sanada. Caso ocorra empate, outros métodos de avaliação serão usados tais como títulos e funções ocupadas.

Psiu: Guarda em segredo o seu voto.

Como se adiantasse, pelo menos no caso em questão, rotina e método de rotina, quem me conhece um pouco, não compra mentira minha. Será por tal motivo que pouco uso desse recurso, a mentira?

No entanto, guardo segredo e todos riem de mim, porque sabem que não é segredo nenhum.

_Mas é para o “fulano (a)” não saber. Ele vai votar no outro partido.

Eu concordo. É melhor concordar e não fazer campanha, mas o tal do “fulano (a)”, não somente sabe como já disse que sabe. O melhor a fazer é não se ouvir.

Detalhe: quem me pede segredo precisa que eu não saiba em quem vai votar.

Está bem.

A garota vendedora ganhou um abraço meu sem o saber.

Observe-se a frase da vendedora, ao me ouvir dizer que estava chovendo:

_Se chove tanto, como é que vou até a minha humilde residência com o meu carro novo?

Chovia granizo e eu disse a ela para não expor o carro novo naquela chuva.

Espera um pouco: eu era cliente. Ela me contou do carro novo porque alguém precisava saber que ela tinha um carro novo.

_Você comprou um carro?

_Comprei sim senhora. É o meu primeiro dia com ele e nessa chuva!

Ela sorria de orelha a orelha.

_Parabéns pelo carro novo! Espera a chuva diminuir.

_Eu sou a primeira da loja a comprar carro!

E agora, perguntei?

_Agora é namorar o que arranjei.

O que tem de gente mentindo o voto parece brincadeira.

Quem está preocupado com a apuração são os políticos.

Uma provocação: A minha pesquisa particular de supermercado diz que as classes A, B e C estão unidas. A disputa é entre as classes D, E, etc... E todos mentem um pouco, aí é que está a questão: Empate!

Vamos que vamos. Não é brincadeira, não.

5 comentários:

Ivone disse...

Gostei da crônica, rsrs, ninguém quer dizer em quem vai votar, como se houvesse grandes escolhas, mas...
E o carro novo, rsr tem de alguém saber, eta chuva proposital!
Abraços linda amiga, sempre inteligente, adoro ler por aqui!

Eloah disse...

Bela crônica! É tempo de pensar , refletir e tentar acertar.Exercer a democracia nem sempre é fácil .Espero acertar.
Brisas e flores para você.Abraços Eloah

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Yayámiga

Aí como cá...

Qjs

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Até nas campanhas já mostram as garras e a sede de vingança.
Que será depois presidentA???

Maria Teresa Fheliz Benedito disse...

Adorei sua cronica, divertida e verdadeira.
Um abraço Yayá e agradecida por sua visita.