VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

domingo, 20 de novembro de 2011

Maratona

Maratonaclip_image002

A maratona me acorda,

Com seus atletas ligeiros

Ao aquecimento, e me informa

Que todos veem os primeiros.

 

Dada a largada da prova,

O povo espera em canteiros,

Incentivando-os agora,

Com seus cantis costumeiros.

 

O vencedor não demora;

Em duas horas os beijos

Vem à vitória, e a devora

Com seu troféu de desejos.

 

Mas, acordada, se alonga

Pela avenida os folguedos

Que o entusiasmo prorroga,

Ao situar companheiros.

9 comentários:

Cacá - José Cláudio disse...

Muito bom! Premiar um vencedor com esse poema equivaleria a um trofeu. Abraços. Paz e bem.

Célia disse...

Na "Maratona" da preguiça... sou também campeã! Já corri muito na vida!! Abraço, Célia.

Ivone Poemas disse...

Bom dia minha amiga Yayá!
Como sempre aqui tens mais um dos seus poemas que a mim encanta lê-los!
Tens versatilidade,pois sabes escrever com clareza seus contos que sempre me ensinam algo!
Maratona da vida, da chegada e da partida!
Quando da chegada é mesmo assim, muito festejada!
Abraços amiga sensível e criativa!
Ivone

Elisa T. Campos disse...

Querida Yayá
Na torcida e na emoção uma maratona
também. A expectativa de ver o seu preferido ganhar.

Lindo.
Bom início de semana

Severa Cabral(escritora) disse...

Essa é a maratona da vida,chegar em primeiro lugar com cara de ser o último...
bjs

Paulo Sotter disse...

A corrida é uma excelente metáfora para a vida. E como é bom torcer pelas pessoas amigas, apoiando em cada fase para vibrar junto na vitória. Afinal em uma maratona todos são vencedores. Belo tema Yayá. Um abraço

Van disse...

A sensação da vitória é insubstituível

Um beijo Yayá

Alma Mateos Taborda disse...

¡Precioso!coincido con Claudio que este poema pedría ser un trofeo. Muy bello. Un abrazo.

Fatima disse...

Bjs e uma ótima semana pro cê!