VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sábado, 18 de junho de 2011

Susto

Sustoclip_image002

A noite tem seus mitos,

Tem tipos esquisitos,

Vampiras e morcegos

De becos e segredos.

A noite tem seus ritos

De reza aos seus proscritos;

Exóticos nos medos,

Atípicos desvelos.

A noite tem seus crivos,

Que dizem dos amigos

Unidos em seus tentos

Curando os seus enfermos.

As noites são domingos

Que rangem com os brios

E os próximos enredos;

Segunda e seus defeitos...

11 comentários:

OceanoAzul.Sonhos disse...

As noites têm algo de místico...
Interessante poema.
Um grande abraço
oa.s

Marly Bastos in "palavreados ao vento" disse...

A noite é cheia de mistérios, a começar pela lua, dama de prata solitária e sedutora, que encanta os apaixonados.
A noite tem morcegos sim, tem pesadelos...
Adorei o poema!
Beijokas e bom domingo

Borboleteando disse...

Obrigada pela visita..
Seu espaço é muito lido, parabéns!
Beijo, ótimo domingo

MARILENE disse...

A noite tem de tudo (rss). Pode ser inspiradora, como amedrontadora.
Ficou ótimo seu poema.

Bjs.

Vivian disse...

Bom dia,Yayá!!

É...a noite pode inspirar amor ou medo...
Pra mim é pra dormir!!rsrsr
Quem é mãe, precisa dormir bem!!rsrsr
Isso quando consegue...e nenhum dos filhos chama na madrugada...rsrs
Bela poesia!!

Lilian disse...

La noche y su magia ... todo lo prohibido o
misterioso sucede en la noche y si de luna
mejor aun !!!
Besitos Yaya !!! ... hermosa tu entrada .

Lena disse...

Yayá
Mágico, misterioso, inspirador seu poema sobre a noite. principalmente, aquela onde a lua brilha e nos manda um sorriso enorme ou uma saudade infinita. Amei!
Beijokas com super carinho!
http://alemdasnuvens2011.blogspot.com
http://amadeirado.blogspot.com

Sandra disse...

A noite exerce fascínio sobre os poetas.
beijinho

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Arteseescritasamiga

«As noites são domingos...» Bonito, muito bonito, muito obrigado por este poema que tem "qualquer coisa" de Chico Buarque. Parabéns.

Foi a nossa Amiga Arroba que me trouxe até aqui, felizmente, porque este teu blogue é um verdadeiro achado. Dou-te os parabéns.

Adoro escrevinhar e ganhei quase sempre a minha vida a fazê-lo tão honesta, independente e correctamente quanto me foi possível (o corrector automático também ajuda muito…, mas antes não existia). Por isso, vou aqui voltar. Quando? Verá-se, como diz o ceguinho…

Espero-te lá na esquina da Travessa

Qjs = queijinhos = beijinhos

* Verinha * disse...

Lindo poema Yayá!.. A noite sempre traz consigo, grandes mistérios!

Beijocas super em seu coração e uma linda semana para você!

Verinha

AFRICA EM POESIA disse...

Gostei deste susto

A noite é sempre cheia de encantos

Deixo um beijo