VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Cravos

Cravoclip_image002

O cravo fascina,

Liberta e nos leva

Ao mestre que ensina

Aos jovens que a treva

Passou. Descortina-se

A lua na esquina

E a noite se encerra.

Festeja essa gleba

Que a união dissemina

No amor que se enceta

Na linha contínua,

E cose uma queda;

Que o véu da neblina

Ao novo se entrega.

5 comentários:

AFRICA EM POESIA disse...

vIM

fAZER uma visita ao blog
e deixar um beijinho com sabor a...
Poesia
BEIJOS

AFRICA EM POESIA disse...

deixo simplesmente a minha poesia... ...




SER PALHAÇO


Ser palhaço...
É ser gente...
E é saber...
Rir...
Quando apetece...
Chorar...
Ser palhaço...
Muitas vezes...
É vida...
Muito dorida...
Mas...
O palhaço...
Pinta a cara...
Faz palhaçadas...
Faz rir...
E ao ver...
A alegria...
Dos outros...
Também ele...
Se sente feliz...
E acaba por...
Deixar de chorar!...

LILI LARANJO

Bergilde Croce disse...

Tantas lições a aprender por cada cravo plantado e colhido...

Belo poema,
Abraços pra você!

MARCIANO VASQUES disse...

Lindo poema, lindo!
Marciano Vasques

AFRICA EM POESIA disse...

yáyA

lINDAS POESIAS DE PALHAÇOS AS QUE ME DEIXASTE

ADOREI O MOMENTO

UM BEIJO