Lugares Bonitos

Lugares Bonitos

http://frasesemcompromisso.blogs.sapo.pt/

O blog da Nina, menina que lia quadrinhos.

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Proposição de Redação: Escreva sobre a Vingança.

Proposição de Redação: Escreva sobre a Vingança.
clip_image002
Naqueles dias, Suzana foi convidada para estudar em Coimbra, faria a sua especialização com um renomado professor europeu.
A casa dela era a felicidade estampada na janela. A mãe de Suzana, após dezoito anos, estava grávida do segundo filho. O marido conseguiu um posto elevado na empresa onde trabalhava. Todos estavam saudáveis, contando com o bebê que nasceria dali a seis meses.
A felicidade daquela gente discreta não passou despercebida. Quando Suzana largou o emprego para estudar fora, contou do curso na Europa, esperava voltar e evoluir na carreira.
Foi o que bastou. Sem se saber a origem do boato, no dia seguinte a cidade inteira dizia que a aborrecida Suzana iria ter o filho na Europa. Dizia-se e diziam-se, reforçando a mesma história inúmeras vezes, que a mãe dela não estava grávida, ela supostamente dava cobertura à gravidez de Suzana.
A família estava feliz e, não se importaram com os boatos.
Suzana viajou, voltou, a mãe teve o bebê, o pai estava bem de vida e feliz com o crescimento da família.
Contudo, não foi descoberta a origem do boato, que continuava e aborrecia a família inteira. A mãe do bebê era chamada de avó e, a moça que fez o curso na Europa, de mãe solteira que abandona o filho.
Embora o chefe da família fosse abastado, não teve como montar um negócio noutra cidade. O significado de bem de vida numa cidade pequena é diferente do significado de bem de vida numa cidade grande, o custo é outro.
Suzana pendurou o diploma de especialização na parede e gostou do irmão e felicitou a mãe pela gestação bem sucedida.
Qualquer vingança a prejudicaria, envolveria a família inteira, o pai, a mãe e o bebê.
Ela superou a situação esquecendo. Comprou um gato de estimação e plantou flores no jardim. Após alguns anos conseguiu um emprego melhor no meio culto, merecidamente.
O irmão pequeno, ao ver o gato, pediu um cachorro de presente. Ganhou o cachorro.
A mãe deles comenta, em particular, com poucos amigos sobre a estupidez da situação. Ninguém pensou nela.

6 comentários:

vendedor de ilusão disse...

Olá Yayá, cara amiga!
Com satisfação lhe comunico que publiquei a Programação das apresentações do 2º Prosas Poéticas; dê uma olhada e saiba em quais datas será feita a apresentação da sua criação.
Abraço e até mais!

XicoAlmeida disse...

Permita um pequeno trocadilho.
Recorro ao seu anterior post, Almas Sinceras.
Como esta familia, em especial a mae...

Célia Rangel disse...

Parece que o dom de ser mãe é anular-se? Refuto a ideia. Principalmente em um antro de fofoqueiros.
Abraço

Wanderley Elian Lima disse...

É sempre assim, a inveja é capaz de destruir uma família.
Abraço

Luma Rosa disse...

Oi, Yayá!
Tem um dito popular que diz: Não grite alto a sua felicidade, a inveja tem sono leve.
Realmente, o invejoso está tão possuído que não vê o mal que faz ao outro.
Beijus,

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Parece-me que conseguiu o que se propôs: - Vingança e fofoquices...
Muitas pessoas perdem-se em coisas de menos esquecendo-se do principal.
Se cada um procurar cultivar-se pelo trabalho e educação deixariam vida dos outros em paz