VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sábado, 22 de julho de 2017

Poema Beneficente


Poema Beneficente

Quão benéfico é saber
Que toda a boca é maldita
Antes da palavra ler:
O elogio cai mal na fita,

Mesmo dito sem querer,
Pois sempre há quem acredita,
Que a língua má, ao se esconder,
Ouve, vê e fala a desdita.

É o que se pode prever
E se evitar com bendita
Admiração por não ser
A não ser quem acredita.

2 comentários:

✿ chica disse...

Lindo e como sempre, bem inspirado poema! bjs, de volta,chica

Célia Rangel disse...

..."boca maldita"...
Uma séria reflexão...
Abraço.