VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Poesia ao Vento

Poesia ao Vento

Poesia é sentimento
E alguma paciência
Sem noção de tempo,
Mas com conveniência.

Como um passatempo
Sem tempo ou consciência.
Nesse pensamento
Insurge a aquiescência,

Inteira ao aposento
Da alma em excelência;
Num átimo ao cento;
Subjetiva é a anuência.


Um comentário:

Célia Rangel disse...

Concordo com "Poesia do Vento"...
Abraço.