VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Poema Virtual


Poema Virtual



O resumo é o começo
D’uma continuidade,
Livraria do endereço
Do texto sem vaidade.

A sugestão é um avesso
Da sociabilidade,
Versa-se de arremesso
Um poema à saciedade,

Mas o prato é de gesso,
Numa fragilidade
Ímpar nesse adereço
Que é a sensibilidade.



Um comentário:

Jossara Bes disse...

Oi, Yayá!
Suas poesias e textos, sempre tão bem construidos!
Adoro ler aqui!
Beijo carinhoso, feliz semana!