VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Das Inutilidades

Das Inutilidades

clip_image002

Como se perde tempo e dinheiro em inutilidades. Não falo de programas culturais, porque estes geralmente acrescentam conhecimento, falo dos planos estéreis, onde se sabe que o resultado será inócuo.

Você faz o melhor que pode todos os dias e a vida segue bem. E, se faz o melhor, provavelmente estará melhor amanhã, a menos que alguns extraterrestres venham e interfiram na sua vida, ou, quem sabe, alguma doença venha para testar a sua capacidade de resistência, ou ainda, você se esqueça de votar nas eleições e tenha que justificar o voto não dado, e caso votasse, você votaria num desconhecido com jeitão de ser boa pessoa.

Porém, se algum extraterrestre interferir na sua vida, não deixe de compartilhar e, em caso de doença faça tudo para vencê-la sem pensar nela; as doenças deveriam se limitar ao remédio e não ao estado emocional do paciente.

Agora, quanto ao voto, eu diria para votar em alguém que você saiba não ter má índole, eu falo de maldade, daquele que prega a mesquinharia como norma social aceitável. De política, eu não entendo, mas eu não suporto mais ouvir a história de que se o seu amigo come dois frangos e você, nem um ovo a média é um frango por família. Quem come dois frangos não é explorador pelo fato de comer, ele pode ter uma família de oito pessoas e você não sabe. No entanto, trate de se alimentar melhor, mesmo que você não tenha nada além de ovos, isso é o que ninguém te diz; a pobreza não está obrigatoriamente acompanhada da autocomiseração.

Outro dia, um sujeito bom de coração interferiu e obrigou o seu amigo a fazer exames médicos, que eram desnecessários, mas a pressão emocional é eficaz e o outro acabou por fazer os tais exames. Pressão emocional, vocês sabem o que é? É dizer de todos os riscos possíveis e imagináveis até que você se sinta incapaz de ir até a panificadora sem fazer o tal exame. Abençoada seja a enfermeira que me ensinou o que é e como se faz: _você está em observação e qualquer movimento pode trazer sérias implicações ao seu estado de saúde. Se houver exagero de impressões você leva o paciente a tremer de medo, mas a partir do momento em que a dependência do paciente esteja criada e ela der as ordens, tudo corre dentro da normalidade.

Quanto aos extraterrestres, se eu fizer a piada referente ao sistema coletivo de transportes, terei que pedir uma abdução. Vocês estão pedindo: Ah! Faça a piada! Basta se organizar que você não perde a condução, embora queira continuar a falar de inutilidades.

14 comentários:

Ivone Poemas disse...

Yayá, como sempre bom texto, reflexivo e útil, pois é mesmo, há tantas inutilidades, tanto tempo perdido com coisas sem sentido, que pena que é assim, mas saiba que mesmo que nem todos leiam ou aprendem aqui, os que aprendem, assim como eu, agradecem, eu agradeço e adoro ler aqui!
Abraços amiga inteligente e gente!!!
Ivone.

Elizabeth disse...

Totalmente de acuerdo contigo Yayá. Un escrito muy necesario en estos tiempos. Besos.

Escondidinha disse...

se eu entranto conseguir organizar na minha cabeça, tudo aquilo que você tentou transmitir, prometo que faço um comentário menos inútil e mais produtivo para todos (=

beijinhos

Célia disse...

Comentar... o quê!? Depois de sua aula sobre "imbecilidades"... calo-me parabenizando-a por sua lucidez!
Abraço, Célia.

Jopz_B1B disse...

Poizé, aqui no Brasil o hábito é votar nas pessoas... "eleger o candidato tal, o politico X" e por ai vai, mas o ideal seria se a gente votasse em IDÉIAS, os policos passam, mudam e morrem, enquanto as ideias, projetos e planos permanecem e podem ser mais facilmente cobrados... dificil votar no candidato Y se não conheço direito nem as pessoas que convivem e trabalham comigo...

JOPZ

IDERVAL TENÓRIO disse...

Mestra e Guru ,mais uma vez foi dito o que todos os mortais conscientes queriam dizer.
Um abração útil .Iderval.
http://www.iderval.blogspot.com

M@ria & M@ria disse...

"A recordação é
o perfume da alma.
É a parte mais delicada e
mais suave do coração,
que se desprende para abraçar
outro coração e segui-lo por toda a parte."

(by Darlan)

Beijos poéticos e meu carinho...M@ria

Fátima disse...

Oi Yayá,

E quantas inutilidades não existem! E essa perda de tempo com extraterrestres e políticos, por sinal bem parecidos, esperam deles algo que nunca veem.

Beijo meu

SIMONE PRADO disse...

Muitas coisas são inúteis para nós, e evitá-las é exercício continuo. Tantas inquietações em nossa mente e a maioria nem tem fundamento. Quantas vezes colocamos o joelho no chão clamando por soluções que nos aterrorizam quando vem em forma de doença. As vezes fico pensando quando vemos algo com nossos filhos qye nos tiram o sono da noite e nos apertam o coração. Quem tem filho vive assim, pois cada hora é uma coisa diferente e traz aquela sensação de incapacidade. Mas sei que Deus em sua infinita sabedoria nos renova e nos fortalece na caminhada. Quanto ao foto, eita questão quase impossível de acreditar na pessoa na hora de votar. é um voto em meio ao escuro simplesmente com a vontade de ter escolhido o menos pior. bjos.

ஜ♥Patricia♥ஜ disse...

Perfeito, nem vou falar nada para não estragar!

OceanoAzul.Sonhos disse...

Para refletir... de facto o tempo não volta a trás e deve ser muito bem empregue... busquemos o que de facto nos acrescenta enquanto seres humanos.

abraço
cvb

Jossara Bes disse...

Yayá Querida!

Fantástica reflexão!
"Das Inutilidades", que apoderam-se do tempo de grande parte da população constata-se a "sindrome" coletiva de dormencia, letargia, conformismo talvez.
Beijos!

Ana Sofia disse...

estou a seguir, mt bom

AquilesMarchel disse...

util e leve huahshuhaus

inutilidades? depende do ponto de vista...sou hipocondriaco se algum extraterrestre fizer pressao emocional aj era pra mim