VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sábado, 21 de maio de 2011

Tiro no Pé

Tiro no Péclip_image002

Ana Cristina levava os docinhos para o escritório e os deixava na gaveta da sua mesa dentro de uma sacola pequena, de maneira discreta. Quando o dia terminava e os seus supervisionados deixavam o escritório, ela fechava a sala e no caminho até o metrô comia o seu doce de abóbora sossegada. Esse era o seu segredo de bem estar.

Ana gostava de cada um dos seus supervisionados e procurava meios de aumentar o conhecimento deles e com a visão de futuro procurava bolsas de estudo para distribuir entre os mais interessados no trabalho.

Houve uma oferta de cursos de informática e ela inscreveu a sua firma. Pensava na Fernanda, boa funcionária, mas sem os conhecimentos necessários para subir de nível.

_Fernanda, eu inscrevi a firma em um sorteio de bolsas de estudo. Se conseguir, você será a indicada. Você aceitaria essa oferta?

_Aceito sim, fico agradecida.

Passam-se os meses e nenhum retorno da empresa que havia oferecido as bolsas de estudo. O assunto fica esquecido.

Durante dois dias, Ana Maria está tão ocupada com o trabalho e não tem tempo para conversar com ninguém e deixa os doces de abóbora para quando tiver tempo para saboreá-los com prazer. Durante esses dias conta com o auxílio da Fernanda.

Terminadas as tarefas. Fernanda é a última a deixar o escritório e se tornou a funcionária de confiança. Ana Maria se lembra de ligar para casa e não acha o celular. Mas ele estava na bolsa, e agora? Onde foi parar o telefone?

Ana está no escritório e pega o telefone fixo para localizar o seu celular. Tomara que o celular estivesse com bateria e estivesse no escritório, pensava ela.

A música do celular logo tocou. Mas Ana procurava e não achava o som que vinha de dentro da sua mesa. Apagou a luz do escritório para ver a luz do celular. Para surpresa, ele estava dentro da sacola de docinhos de abóbora. Havia uma mensagem não lida que havia chegado uma hora antes. Ana abriu a mensagem:

_Ana: bolsas de estudo à disposição. Ligar para maiores informações.

2 comentários:

Catia Bosso disse...

Esses docinhos de abóbora se tornaram o sonho doce delas né!!! E pensar que por instantes eles foram o alvo...


bj


Catita

F.H.Canata disse...

Olá, estou passando para retribuir a visita!
Gostei muito de seu espaço!
parabéns!

Bom fim de Semana pra vc!

Canata