Lugares Bonitos

Lugares Bonitos

http://frasesemcompromisso.blogs.sapo.pt/

O blog da Nina, menina que lia quadrinhos.

terça-feira, 24 de maio de 2011

Crônicas : Festas Sem Graça

Crônica: Festas Sem Graça clip_image002[4]

1

Sem graça foi aquele jantar dançante. Houve uma apresentação musical e surgiram meretrizes bailarinas e uma delas sentou-se no colo de um empresário que estava na mesa de pista (em frente _a pista de dança). A esposa dele levantou-se e se retirou.

A mãe, a filha e o marido, que franziu as sobrancelhas. A festa acabou, o jantar perdeu o sabor.

Outros casais se levantaram e saíram. A saída estava lotada.

2

Houve um tempo em que havia noivado antes do casamento. Era um período de uns seis meses antes do casamento. Havia festa, convidados e era a sala de espera da cerimônia.

Para uma moça, foi um período útil. O noivo não se conteve e disse para a noiva que a desejava possuir como se homem ela fosse. Casamento desfeito, noiva em tratamento médico. Esgotamento nervoso.

3

O profissional, um decorador conhecido como o ladrão de serviços impecáveis. Todos que o procuravam no seu escritório de decoração eram bem atendidos. Objetos caríssimos eram colocados nas residências de classe média. A conta vinha depois. A festa de inauguração da casa arrumada era também a festa da concordata.

Ps. Que sirva de alerta para todas as pessoas: não permita que nenhuma obra seja começada sem orçamento e contrato. Válido para tratamentos odontológicos. É preciso confiança no profissional, seja de que área for. Afinal a grande maioria dos profissionais é séria. Cuide-se! Aprendi.

4

Era festa de aniversário de uma senhora. Bolo, convidados, filhos, netos, a casa estava cheia. A namorada do filho mais novo havia se atrasado e os convivas estavam curiosos para conhecer a moça.

Dez e meia da noite e chega um jovem gritando que a namorada do rapaz estava no “dancing”. O moço, revoltado, quer sair para brigar. O pai, o tio e o primo o impedem.

A aniversariante chora. A moça trabalhava em casa noturna e ninguém sabia até aquela data. O jovem universitário, depois de formado, saiu da cidade.

3 comentários:

Maria selma disse...

Oi amiga vim visitar este espaço....já estou seguindo...gostei de aqui estar....linda tarde beijos

Graça Pereira disse...

Casos tristes mas...infelizmente, reais!!
Gostei.
beijocas
Graça

Lilian disse...

Que fiestas que terminaron mal , que triste !!!
lo mas triste es que sucede .
Un besito amiga .