VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Bola Roubada

Bola Roubadaclip_image002

Roubaram a bola do jogo

Formal. Ipso fato, o perrengue

Fugiu de bandeja com bolo

Sobraram a vela e o merengue

Deixados na rede sem gol.

O povo levanta-se a rodo

E vaia. Nem o juiz o compreende,

Apita com força de fôlego.

Ladrão canastrão não se entende,

Partida atrasada de novo.

Revolta de bola, retorno

Em volta do tema que é urgente,

Sem bola, sem jogo e sem povo

Que acuda. O remédio é corrente:

Pagar em parcelas de novo.

Um comentário:

Luís Coelho disse...

A bola não foi roubada. Ela é redonda e desanda para todo o lado.
Se hoje foi de lá amanhã será de cá, e depois....rodará para cá e para lá....