Loading...
Loading...

sábado, 30 de abril de 2016

Desanuvio

Desanuvio



Se, passo a roupa,
Abraço o frio;
Bobagem pouca,
Para a alma é rio

Que corre à solta
Num extravio.
Se, visto a touca,
Desanuvio

De toda lousa
E estudo a fio.
Passando roupa,
Eu me sorrio.

5 comentários:

✿ chica disse...

Lindo e desanuviar é preciso sempre! bjs, chica

Sor.Cecilia Codina Masachs disse...

Hola Yayá, cuando nos falta a la persona que amamos se siente un inmenso frío en el alma y no hay abrigo para tal frío.
Un abrazo amiga.
Sor. Cecilia

Célia Rangel disse...

Atitudes diárias que damos imenso valor.
Abraço.

Renata Maria disse...

E assim vai, nessa toada. Amei*
Beijo*

Ivone disse...

Que lindo, quando passo a roupa fico pensando em muitas coisas, nem sempre me desanuvio, amei ler aqui!
Abraços apertados!