VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sábado, 23 de março de 2013

Ramo de Trigo

Ramo de Trigo

ramo de trigo

Louvo-te com os grãos desse abrigo,

Na árvore de Zaqueu estou entre o povo,

Sigo cada Palavra e O bendigo;

Vês Tu teus publicanos de novo.

 

Sei que me Vês aos ramos de trigo.

Sabes meu coração e que aqui Te ouço,

Quero sentir a Luz desse Idílio.

Ave Santa do Eterno Deus, sondo.

 

Tenho a paz de Jesus, que comigo,

Ora em todas as horas e, ao Coro

Sacro, Se torna Abraço Acolhido;

Graça Imensa do Pão desse almoço.

12 comentários:

edumanes disse...

Ao passar no campo vi
O trigo espigado
Seu poema já li
Agora vou para outro lado!

Noutro dia lá passei
Já estava amarelado
Muito trigo eu ceifei
Agora é diferente do passado!

Boa noite e um abraço
para você, amiga Yayá,
Eduardo.

Lindalva disse...

Yayá que felicidade sentir teu perfume em minha Ilha... andamos nos desencontrando, mas nas ondas mesmos as paralelas se encontram :) Lindo escrito amiga, mui tocante. Desejo-te uma Santa Semana com muitos louvores e uma Páscoa de verdadeiro renascimento. Beijos no coração.

Célia Rangel disse...

Na contemplação de uma Santa Semana - que deveria se eternizar, saibamos pelo menos distribuir bondade e ternura.
Bjs. Célia.

Imaginário disse...

Meu Deus: "Graça imensa do pão desse almoço".
Obrigado, Yayá.
Vamos para mais uma semana na seara, certo?
Abraço.
Gilson.

António Manuel - Tómanel disse...

Extraordinário! Parabéns por partilhar esta extraordinária poesia no seu blog.
Obrigado.
Um abraço cá deste meu Algarve
http://umraiodeluzefezseluz.blogspot.com

Wanderley Elian Lima disse...

Nada mais belo e oportuno para uma Semana Santa. Amei.
Bjux

Eloah disse...

Linda poesia em oração.Nada como dar graças pela vida e sua benesses.Obrigada pela mensagem justo nesta semana santa.
Bjs Eloah

La Gata Coqueta disse...



En Mis caricias del alma hay un detalle que he recibido y me gustaría compartirlo contigo, dicho detalle trae de compañía un meme, lo pasas por alto y si te gusta el Awards lo llevas. Me gusta ir entregando todo lo que voy recibiendo aunque a veces voy con un poquito de retraso por diversas circunstancias...

Un abrazo y feliz comienzo de semana!

Atte.
María del Carmen


XicoAlmeida disse...

Tão lindo e tão profundo!
Obrigado Yayá.

La Gata Coqueta disse...



Cuando tuve sed llame a tu puerta y me has dado de beber,
Cuando el camino se hizo penoso me has tendido la mano,
Cuando las lágrimas corrían por mis mejillas me las has secado,
Cuando el corazón lo asolaba la tristeza le regalaste una sonrisa,
Cuando la soledad me acompañaba fuiste mi luz y guía,
Cuando, cuando...

Ser tu amigo hace posible que la vida tenga otro sentido
y otras dimensiones...

Un muy feliz comienzo de semana, esta que es tan especial.

Atte.
María Del Carmen




Mariseven Zanon disse...

E que mais outros tantos tenham a misericórdia de pensar desta singela maneira num poema tão bonito. Beijo.

aluap disse...

Óptima poesia. Retrata o que desde tempos imemoriais é semeado nas nossas terras.
O ramo de trigo simboliza que haja sempre pão em cada lar.Mas acho que publicou esta entrada por no "Dia de Ramos" se celebrar a paixão de Cristo.
Gostei muito.
Um abraço.