VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Aviso

Aviso

clip_image002

A Polis avisou da malandragem

À jovem empresária descuidada,

A moça preferiu contar co’a imagem

E joga com a malha na empreitada.

 

A Polis se preocupa, e uma mensagem

Envia, diz e reclama em disparada,

Mas ela diz que sabem o que fazem;

Investem numa venda conjugada.

 

A Polis não deseja essa roupagem

Moderna, porque já a possui na taxa

Perfeita que vai à esteira de rolagem

Em rodas, devagar abalizada.

 

O sócio é conhecido, sem bagagem

Moral, o investimento para nada

Será. Essa decepção vem da miragem

Que agora ele te inventa, ilusão exata.

4 comentários:

Paulo Francisco disse...

Gostei! Um ritmo bom A/B - A/B.
Uma sexta linda pra você.

Cida disse...

Oi moça! :)

Já estou de volta à blogosfera, e vim te agradecer o carinho e a amizade de sempre.

Tenha um ótimo final de semana.

Beijinhos,

Cid@

Simone butterfly disse...

Muito bem sincronizada! beijos e ótimo fim de semana!

Célia disse...

Decepçóes de uma "miragem" mal concebida... resultado nada agradável mesmo! Intrigante o seu poema! Abraço, Célia.