Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

http://frasesemcompromisso.blogs.sapo.pt/

O blog da Nina, menina que lia quadrinhos.

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Santo Espinho de Minh’alma

Santo Espinho de Minh’alma

clip_image002

Cada qual sonha a flor e o jardim,

Tantas cores de flores, enfim,

São perfumes, de tantos buquês;

 

Tenho tantas canções dentro em mim,

Flores musas de Bach, querubim,

Flores fusas, colcheias aos por quês;

 

Sons que soam esses sonhos sem fim,

 

Santo Espinho de amor a vocês.

12 comentários:

Luís Coelho disse...

São os sonhos que nos trazem vida e desejos que nos fazem cantar o amor e a vida dentro de nós.

Como dizia António Gedeão

«O sonho comanda a vida»

✿ chica disse...

Linda, delicada e inspirada poesia!!Linda essa foto!beijos,chica

Ingrid disse...

são tantas e tantos ..
são vida..
beijos e um lindo dia..

Jossara Bes disse...

Bom Dia, Yayá!

Que encanto de poesia!
Obrigado pela música que me ofereceu!
Somos músicas, pois a poesia brota de nossa alma!
Tenha um lindo dia!
Beijos!

Mariangela disse...

São tantos os sonhos, os mais variados aromas, e uma infinidade de porquês que carregamos dentro de nós!
abraços de bom dia, e obrigada!
Mariangela

Ivone Poemas disse...

Lindo isso Yayá, minha linda amiga poetisa,hoje eu preciso ler isso que escrevestes aqui!
Abraços e beijos em seu lindo coração!
Ivone

Bergilde disse...

Acreditando nos próprios sonhos e batalhando para a sua concretização podemos vencer nossos desafios sim.
A imagem ficou bem sugestiva.
Abraços,e te espero no meu novo blog!

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

Anônimo disse...

Yayá, que versos lindos, pequenos, dizem tanto.
Dia 23, quinta é meu aniversário. Te espero para comemorarmos.
Um abraço.

Anônimo disse...

Lindo poema... mais que belo! Bjs! Yayá da Fernanda oliveira

mfc disse...

Um poema bem ritmado e lindo!

Elisa T. Campos disse...

Yayá

Adoro Pinhos. Ficam lindos para a decoração no Natal.

E esta poesia ficou maravilhosa.Um sonho de querubins.

beijos.