VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Deseducando para a Felicidade

Deseducando para a Felicidade

clip_image002

Regras de etiqueta a serem quebradas:

1 - Meu amigo (a), se você tem diabetes, leve o seu chocolate sem açúcar, o seu doce de leite, enfim, as suas guloseimas dentro da bolsa, se for mulher, e na bolsa da mulher, se for homem. Quantos diabéticos reclamam das festas na hora em que os convivas comem os doces e eles ficam olhando e tomando um copo de água ou tomam um refrigerante zero ou diet. Ocorre que os problemas de saúde não podem isolar o convidado das guloseimas, e mesmo que, por educação, ninguém diga, é a hora mais chata da festa. Uma amiga querida leva em todos os lugares aonde vai as suas guloseimas. Ela me conta que abre a bolsa e tira o chocolate e o come acompanhado de um refrigerante. Diz ela que ninguém percebe, todos estão olhando para o próprio prato de doces. As únicas pessoas que reparam são as que estão de regime e vão à festa para a propaganda do regime, são estas pessoas que reparam e o jeito é não ligar, dizer a verdade e curtir a hora da gula igual a todo mundo.

2 -Meu amigo (a), se você tem a taxa de colesterol alto e te convidam para uma churrascada, vá. Almoce antes e coma pão com salada. A história que conto é bem mais triste que a dos doces: numa festa uma senhora comia pão com salada e alguém implicou e perguntou a ela se era vegetarianismo. Ela disse que não, que era taxa alta do colesterol ruim e que se cuidava. O amigo que implicou com ela replicou que ele também tinha o diacho do colesterol alto, mas que se excedia aos finais de semana. Passados dois meses, a mulher recebe um telefonema dizendo que aquele amigo havia falecido de enfarto fulminante e que a mulher e os filhos pequenos estavam muito abalados. Lembraram-se da conversa dos dois, mas ela não acusou o falecido. Ficou triste pelo acontecido e disse que não cabia a ninguém culpar ninguém, disse também que foi uma fatalidade e que os amigos orassem ao invés de comentar.

3 -Meu amigo (a), a franqueza é considerada por muitos como grosseria, penso que nem sempre. Conheci um garoto estagiário que ao falar com o seu chefe e perguntado sobre o objetivo daquele estágio na vida dele, ele foi absolutamente franco e disse que aquele estágio era uma escada para um emprego melhor, disse também que era de origem pobre e não usou o eufemismo humilde, que queria o emprego para ajudar a família, mas também para mais tarde conseguir o emprego que o fizesse sair da condição de pobre. Disse que era ambicioso em consequência da condição de vida que tivera na infância e era sério e competente e iria subir na vida. O chefe se encantou com a resposta porque entrevistas são para serem sinceras, mas aquele garoto foi mais que sincero. Ele precisava com urgência daquele emprego, mas não lastimou a sorte, antes a enfrentou com altivez e até com certo orgulho. Aquele garoto tinha orgulho de ser bom, aquele garoto mereceria atenção nos seus potenciais, ele não enrolou e foi direto ao assunto. Aquele garoto chegou lá.

Acho que a etiqueta passa por aí, passa pelo bom senso e pela liberdade individual de gostar de si mesmo do seu jeito.

14 comentários:

Ivone Poemas disse...

Sem nenhuma dúvida minha amiga Yayá, que a etiqueta é isso mesmo, sinceridade e honestidade,capacidade de poder ser do jeito que se é, quem se assume é livre!
Liberdade é a melhor forma de se poder ser feliz!
Abraços amiga, amo ler seus escritos!!!
Ivone

OceanoAzul.Sonhos disse...

Bom senso é um dos condimentos da vida, para além de termos o dever de acreditar em nós.

Gosto das suas cronicas.
abraço
cvb

MARIA DA FONTE disse...

Gostei dos seus conselhos. Acima de tudo honestidade. beijinhos

✿ chica disse...

Sinceridade e foco, vi aqui nas e situações..Muito bom!!beijos,lindo fds!chica

Valéria Ferro disse...

Yayá,bom dia vim te agradecer a visita e dizer que já te sigo tambem.Adorei te ler!
bj e um lindo fim de semana
Valeria

Evanir disse...

Hoje com o coração muito apertado
com a alma triste pelo afastamento
do menino poeta enamorado da (LUA)
Um poeta que conta as estrelas
da sua janela .
Vai deixar uma grande lacuna não só
no meu coração.
Mais a todos que ama seus poemas
e o carisma que trata todos nos.
Minha homenagem ao meu maior idole
esta na postagem.
Vai se afastar sim:deixando seu livro
um grande legado para quem conseguiu um exemplar.
E seu exemplo que jamais vou esquecer
Como esquecer de quem tanto me apoia
de quem eu tanto amo.
Virei poeta para homenagea-lo .
Um abençoado final de semana beijos paz e luz.
Evanir..

Magia da Inês disse...

¸.•♫°`♡彡

Muito bom esse texto.

Bom fim de semana!
Beijinhos.

¸.•♫°`♡彡✿⊱╮

Janaina Cruz disse...

Nada como saber o que está fazendo, e segurar a oportunidade que volta e meia a vida nos dá... Adorei os conselhos.

Abraços e ótimo final de semana

Álvaro Lins disse...

Bom senso e ... até senso comum:)!
Aprecio o estilo da escrita!
Bjo

OZNA-OZNA disse...

mil gracias querida y admirada amiga por compartir tan bellos consejos. Muchos besinos y feliz domingo te desea esta amiga admiradora con todo mi cariño.

Giancarlo disse...

felice fine settimana a te...ciao

Maria Rodrigues disse...

Minha amiga excelentes conselhos.
Bom fim de semana
beijinhos
Maria

Marisete Zanon disse...

Pra mim etiqueta só de roupa. Ter caráter e ser sincero torna-se marca registrada da pessoa, não mata ninguém, prova disso a senhora que comeu pão com salada.
Um abraço Yayá e bom domingo.

Zé Carlos disse...

Bom dia menina. Muito úteis seus conselhos mas o primeiro é necessário não só por causa de uma possível "lombriga a doces" mas por que quem tem diabetes pode ter uma HIPOGLICEMIA que é uma das coisas mais desesperadoras e se não tiver este açúcar no exato momento pode perecer, sabia né? Obrigado pela visita, bom domingo e um beijão, ZC