Loading...
Loading...

domingo, 5 de junho de 2011

Tango

Tangoclip_image002

Que sentimento te passa?

Esse acordeom sereno

Descortinado com graça...

Um sanfoneiro que agrada,

Um seresteiro roufenho,

Ou, uma canção de trapaça?

Um musicista à calçada

Que recebeu como empenho

A recompensa sonhada

E a um coração desamarra

Com seu sonar madrileno,

Acobertando a ninada.

9 comentários:

* Verinha * disse...

Ahhh que não tem nada mais fantástico do que o tango!..

Um beijo em seu coração e um ótimo inicio de semana para você!

Verinha

blog da Paraguassu disse...

Olá amiga,
Passando para agradecer sua presença em meu post e o carinho de seu comentário. Obrigada, querida.
Quanto ao seu post, vou te revelar que adoro tango e aprendi a dançá-lo sobre os pés de meu pai, agora já falecido, quando ainda era uma meninota. Ele orgulhava-se de ter-me ensinado a dançar assim.
Um grande beijo e uma ótima semana para vc.
Maria Paraguassu.

OceanoAzul.Sonhos disse...

O tango envolve-nos em sentimento. Belo poema.
abraço
oa.s

Por que você faz poema? disse...

Ainda quero o último tango, não precisa ser em Paris, só precisa ser mágico.

Loivarice disse...

Bom dia, Yayá, seja sempre bem-vinda ao meu cantinho, sua visita me trás alegria, seu cantinho é maravilhoso... bjs

Valdeir Almeida disse...

Quando lemos esse poema, visualizamos a cena, ouvimos o som. Parabéns.

Gosto muito do tanto.

Abraços.

Nelson Souzza disse...

Olá! Muito obrigado pela presença no Blog Literatura & Linguagens! Aproveito a oportunidade para parabenizá-lo pelo seu excelente trabalho ( um poema com essência e conteúdo). Desejo-lhe sucesso e prosperidade. Apareça sempre que puder, tá?
Um abraço!
Ps.: Estou seguindo o seu blog; se quiser o meu está a sua inteira disposição. Uma excelente noite, Yayá!

MARILENE disse...

Tudo que mencionou pode estar no tango. Um ritmo diferente, sensual... mas que pode ter trapaça, surgir de um acordeon na praça e alegrar a quem passa.

Muito bonito!
Bjs.

Bela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.