VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Telegrama do Edson Prado

Voltamos em fevereiro, mas telegrama é para entrega imediata. 

Davos, Suiça

A crise mundial se baseia nos problemas comuns do mundo atual: A transformação da economia na China, a crise na OPEP e a baixa do preço do petróleo, o terrorismo no mundo e os refugiados sírios.
Teremos que enfrentar a recessão, a qual atingirá boa parte dos países e fará aumentar o desemprego. Apesar de responsabilizarem a inovação tecnológica como causa da recessão que se inicia, a falta de criatividade e a excessiva política intervencionista observada em alguns países pode contribuir para o agravamento da crise.
Sem consumo, não há desenvolvimento e o consumo vem, também, da criatividade na geração de novas oportunidades de desenvolvimento pessoal.
O desânimo constante, segundo alguns investidores, é um incentivo à recessão econômica. É preciso, mais do que antes, ou seja, aquela situação da revolução industrial, que se busque o desenvolvimento pessoal como forma de combater essa possível recessão, configurada pelos fatores descritos no início do texto.
Não se pode depender exclusivamente do mercado, volátil nesse momento e sem prazo para voltar a estabilidade.

Edson Prado, da Suiça para o blog.


Um comentário:

IDERVAL REGINALDO TENÓRIO Tenorio disse...

O blog é eclético e atual, versa sobre a humanidade e este tema, mais do nunca, aflige o mundo como um todo. Parabéns. Iderval.