Lugares Bonitos

Lugares Bonitos

http://frasesemcompromisso.blogs.sapo.pt/

O blog da Nina, menina que lia quadrinhos.

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

A Dor Eterna

A Dor Eterna
Mãe e filha conversam para matar o tempo sem ter nada o que fazer no feriado.
_Filha, você sabe me dizer qual e a dor eterna?
A filha, entendendo o que a mãe quer dizer responde:
_É a dor de amar, mamãe.
A mãe sorri na sublime dor de ser mãe, nesse amor que é mais que troca, é a comunhão de carne e espírito, a dor do ventre que anuncia que a partir daquele momento o amor não mais se acaba.
E a mãe reflete, junto à filha:
_Muito triste é quem não experimenta a dor de saber do amor. Desse amor latente que desabrocha numa extensão do ego não palpável, nesse amor da fera lambendo a cria, nesse amor que pede a compreensão de toda uma vida.
A filha percebe a mãe mulher, a mãe que sente o gozo da maternidade como se fosse um cio sem fim.
Num instante, a mãe franze o rosto, continuando a reflexão:
_Se as mulheres soubessem da recompensa por ensinarmos os filhos a buscarem a felicidade dentro dos caminhos do bem, da bondade e da generosidade! Ah! Se elas soubessem o quanto é bom ensinar os filhos a dizerem sim e não. Sim para o bem. Que os filhos saibam dizer não com estupidez e resistam ao mal com veemência. Não nascemos para a estupidez das mesquinharias, sejamos estúpidos para com elas. Não teria sentido engravidar para ver o bebê crescer para ensinarmos a serem maus, não faria sentido, ao menos, para mim.
A filha cala-se e a ouve com carinho:
_Não importam as adversidades, se defenda sendo boa. Se usássemos as mesmas defesas que aqueles que usam o mal, como estratégia de vida, se servem, não seríamos bons. Dizem que da vida levamos o que vivemos. Eu penso que da vida levamos o amor que por ela tivemos nesse espaço de tempo em que nos é permitido estar por aqui.
A filha percebe a mãe, emocionada.
_Busque o que seja amável. Radicalizando digo ainda que abandone todo e qualquer sentimento ruim que possa surgir em seus pensamentos.
Sorrindo a mãe pede para ouvir uma canção e pede que seja o lema da filha: Procure sempre ser feliz.


9 comentários:

luís rodrigues coelho Coelho disse...

O amor nunca será dor mas algo que nos faz viver interiormente e até comportarmo-nos regulados por esse amor.
Quando se ama de verdade não há barreiras de tempo - isso faz o amor eterno e infinito.

Rita disse...

Minha querida que lindo , eu me emocionei
sei o que é amor de mãe, sou mãe e sinto isso, e sei tbém a dor que é amar, perdi uma irmã faz 1 ano e 8 meses, e percebi o que minha mãe sentiu e senti ainda,percebemos que ela morreu um pouco, mas o texto é maravilhoso
Abraços com todo meu carinho
Rita!!!!

lis disse...

Um texto onde o olhar generoso da filha também comove,
mãe e filha quando conversam, quando se ouvem_ é o testemunho que ainda vale a pena confiar na humanidade,
bonito Yayá

Célia Rangel disse...

Sou mãe privilegiada, pois sempre tenho esse diálogo com meu filho e ele comigo... E, a trilha sonora embala todo esse carinho materno-filial: "...Pretenda sempre ser feliz / Esqueça todo o dissabor / Quem lembra alguém a quem já quis /
Não pode amor, viver feliz..."
Bj. Célia.

Alexandre disse...

Olá, vim agradecer sua visita e participação no Cárcere do Ser, via Marisete Zanon. Fiquei muito contente e cá estou eu também, a seguir seus passos que, pelo jeito, trilham o mesmo ideial que os meus. Gostei do tema deste e outros posts. Obrigado. Grande abraço;
Alexandre Pedro

Anabela Jardim disse...

A felicidade, o amor e a confiança nos entes queridos. Belo texto!

La Gata Coqueta disse...



Llevo unos días alejada de mi residencia habitual y se me hace costoso compaginarlo todo al mismo tiempo. Pero antes de finalizar el día del amor y la amistad, quisiera darte las gracias por estar siempre acompañándome con la ternura de las palabras, que me hacen sentir muy afortunada por encontrarnos paseando por las colinas de este espacio virtual.

Miles de besos
Y miles de razones
Para sentirse muy feliz
Abrazando la magia de San Valentín.

Y mil disculpas por mi parte,
Si hoy es un día ualquiera para ti...

Atte.
María Del Carmen




Mona Lisa disse...

Belíssimo e comovente texto, onde se sente a cumplicidade entre mãe e filha.

Beijinhos.

Rodolfo Cuevas disse...

Mis saludos, apreciada amiga Yayá:

Hermosísimo es el mensaje que nos comparte en este texto, amiga Yayá. Gracias por commprtirlo con nosotros tus amigos.

Recibe, amiga querida, mis más fraternales abrazos.