Lugares Bonitos

Lugares Bonitos

http://frasesemcompromisso.blogs.sapo.pt/

O blog da Nina, menina que lia quadrinhos.

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Contradição

Contradição

clip_image002

Nem tudo na vida é festa,

Mas pode ser devoção;

Tristeza não tem modéstia,

É fogo armado, São João!

 

Nem toda janela é fresta,

Mas brilha a iluminação;

Respeito já manifesta

Paçoca, milho e quentão!

 

Começam arrasta-pés

Na dança da multidão;

Não custa mais que cem réis,

Não tenha preocupação!

 

Enfeite o cabelo em viés

Costure-se em remendão;

Vestidos com flor são dez

E amor é flor em botão.

 

Nem tudo se faz revés,

Às vezes é diversão;

Dançar a rima é ao invés

Do verso em contradição.

19 comentários:

Célia Rangel disse...

Celebrações autênticas das quais muito participei! Tradições! As "quadrilhas" daquela época eram bem outras! Santos e rezas! Encontro e devoção!
Bj. Célia.

Ivone Poemas disse...

Que lindo! Amei os versos, esse mês é de pura alegria nas festas juninas!
São João, bem festejado, principalmente no nordeste, dançar a linda rima do seu lindo poema!
Abraços amiga poetisa!

Imaginário disse...

Põe vontade na gente, de dançar os versos dos pés que não fizemos. Que alegria de ver. Ler.
Obrigado, Yayá.
Chão e elevação!!
Gilson.

Evanir disse...

Lindos versos das festas juninas
recordo com saudade minha infância
tão distante.
Uma linda e feliz semana beijos.
Evanir.

Luiz Alfredo disse...

Quadra quadrilha canção balão são joão
arraial madrigal madrugadas
boi bumbá mungunzá ...

lembranças doces clareadas
por labaredas belas
das fogueira acesas
coração apaixonado
sanfona triangulo zabumbá bumba
meu boi
sacode meu coração
é este lindo poema
que ainda canta
uma contradição na sua
chave de ouro
na sua calda de escorpião.

Belo poeta

Luiz Alfredo - poeta

António Manuel Conceição Santos disse...

Palavras escritas em verso soam ao som de um bailarico, talvez um corridinho ou porque não um baile mandado...
Bonitos são os versos que, quando os lemos, parece que o compasso tem poesia, assim é o caso.
Abraço deste algarvio.

✿ chica disse...

Lindas contradições por aqui,Yayá!! Sempre assim aqui! beijos,chica

vitalina de assis disse...

Hola amiga Yayá!

Estas celebrações sao deliciosas em todos os sentidos.

Bjs.

Elizabeth disse...

Eres tan dulce e ingeniosa que provocas la imaginación hasta devolverle su enorme sonrisa. besos amiga.

aluap disse...

Também vivi estas celebrações que fazem parte da nossa cultura popular, sempre acompanhadas de diversão.

São João, p,ra ver as moças,
fez uma fonte de prata.
As moças não vão à fonte,
São João todo se mata.

Graça Pereira disse...

E viva o São João que, por aqui também já se sente o cheiro do manjerico e do alho porro.

Encontrei nas ARTES E ESCRITAS
Quadras lindas de São João
Todas as palavras aqui ditas
Guardei-as no meu coração!

Beijocas
Graça

edumanes disse...

São as festas de São João
Muita música para se dançar
Sardinha, broa e pão
E toda a noite a farrar!

Vinho tinto, com moderação
Para não se embriagar
De martelo na mão
Bate com ele, mas não magoar!

Na brincadeira para animar
Há muito iluminação
Rebentam os foguetes no ar
São as festas de São João!

Desejo uma boa noite de terça-feira, e continuação de ótima semana para você,
um abraço
Eduardo.

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Já não se cultivam, as tradições, como antigamente mas, mesmo assim, é uma gostosura, a festança junina, em meio à contradição.

Um beijo, Yaiá,
da Lúcia

Mª Carmen disse...

Hola amiga, muy lindo poema, paso a desearte un buen día Besitos.

Luís Coelho disse...

Viva São João, viva.
Versos muito bonitos formando um convite à reinação que todos os anos se repete com gosto e muita animação.
De norte a sul todos cantam e bailam em homenagem ao meu rico São João.

lola disse...

Buenos tardes¡¡ tienes razón no todo en la vida es fiesta pero abecés hay que hacer que sea un fiesta, pues hay tanta tristeza a nuestro alrededor tanta necesidad, desdicha, miseria, pobreza etc… que es una manera de vez en cuando de evadirse

Que tengas un bello día y no tengas el mismo calor que aquí en Sevilla
Besitos

Sonhadora disse...

Minha querida

Que pelo menos haja alegria nos santos populares.
Lindo como sempre ler-te.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

IDERVAL TENÓRIO disse...

São Joao meu São João, meu São João do carneirinho.O caminho da roça,olha a cobra,olha a chuva , é mentira,olha o bolo, olha o milho,olha a fogueira. É minha mestra, elas existiam ,existiam inclusive com fogueiras à noite e banhos de cacheiras durante o dia.Hoje a festa é outra e com muita cahoeira.Um abraço Iderval.

Elisa T. Campos disse...

Yayá

Uma linda poesia com clima de festa.
Me fez lembrar as festas juninas de minha infância.

bjs.