Loading...
Loading...

sábado, 14 de maio de 2016

Sabiá


Sabiá



Troca o almoço pela janta
Todo estômago que canta
Antes do entardecer.

Esse sol que se agiganta,
Pede calma a quem levanta,
Guarda o sol a se esconder.

Sol é chuva e dorme à manta

Sem deixar-se envaidecer.

2 comentários:

Célia Rangel disse...

Lindo é o canto do sabiá!
Abraço.

Gracita disse...

Esse lindo sabiá é mesmo assim e por aqui sempre nos agracia com belo canto e presença.
Um poema delicioso de se ler
Uma linda semana
Beijos