Loading...
Loading...

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Para Não Perder a Fé / Reflexão

Para Não Perder a Fé / Reflexão

     Para não perder a fé é preciso não ir além do que dizem os evangelhos de Cristo (Gálatas).
     Tudo o mais é livre arbítrio, sacrifício inútil, obediência às idolatrias.
     Suponhamos um ponto de ônibus, se andássemos um pouco mais do que necessário, não pegaremos o ônibus.
     Os evangelhos são milimétricos em Jesus Cristo. Não se pode acrescentar uma ilação além do que consta nos textos sagrados dos Evangelhos e seus apóstolos.
     Se seguirmos pessoas ao invés de Jesus, estaríamos reinventando a idolatria, mesmo que essas pessoas tivessem muita sabedoria e cultura, mas cujos textos fossem da própria humanidade. Todos devem adquirir cultura, é um benefício humano. Jesus não é contra o conhecimento, mas devemos separar o que é o conhecimento humano da fé divina. Até é mesmo uma questão de bom senso.
     Além do pecado, que é o afastamento voluntário de Jesus Cristo, podemos nos afastar Dele por outros meios e esses meios são sob um ponto de vista pessoal e nem quero que os leitores pensem igual a mim, a valorização da materialidade das coisas em detrimento da fé (pedida por Cristo que fosse infantil) que acredita que tudo se resolve por meio Dele.
     Ele não pediu sacrifícios, pediu que seguissem as suas ideias porque Ele era Deus. É óbvio que alguns dos seus seguidores tiveram uma vida voltada a Ele, mas em tempo nenhum consideraram que faziam sacrifícios.
     As idolatrias estão por toda a parte, cabe a cada um de nós evitarmos.
     Seguindo-se ritos de sacrifício, aumentando ou diminuindo o que está escrito e valorizando seres vivos como se fossem divinos, nos afastamos da prática da fé e da fé intrínseca em nós.
     O livre arbítrio situa-se na forma de como exercemos a fé sem deixarmos de observar os evangelhos, mas existe. É importante observar que o livre arbítrio existe em conformidade com os evangelhos, pois cada apóstolo seguiu a Cristo de maneira individual. Embora com modos diferentes, cumpriram a divina missão.

     Uma reflexão rápida e prática que posso observar no dia a dia e que me ajuda bastante a não perder um pouco da fé que me guia e que compartilho com vocês.

Nenhum comentário: