Loading...
Loading...

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Crônica Sobre o Meteorito

Crônica Sobre o Meteorito
clip_image002
Meteorito?! Jamais pensamos em presenciar um acidente com meteorito! Sentimos muito pelos russos e alguma sensação estranha nessa solidariedade: uma curiosidade mórbida em saber como é a sensação de ser atingido pelo objeto vindo do espaço.
Sinceramente não conheço os elementos físicos e químicos de um meteorito. Lembro-me que peguei num fóssil de mais de cinco mil anos trazido por um pesquisador antropológico que nos ofereceu a sua palestra na cidade. Provavelmente quem ler não acreditará, mas ele garantiu ser verdadeiro e aposto que se divertiu observando as expressões daqueles que quiseram pegar no osso humano de mais de cinco mil anos.
Expresso a minha solidariedade ao povo russo.
Ao mesmo tempo procurei em minha memória dos bancos escolares quem foi o autor do gracejo que fez com que todos rissem em sala de aula. Chamaram-no de mentiroso e ele disse que não era mentiroso não. Quis jurar. Não deixamos porque não queríamos nenhum juramento vão. O colega pediu que ele fosse à frente da sala e dissesse que queria que um raio caísse na cabeça dele se ele estivesse mentindo. O gracejo não parou por aí. Ele foi à frente da sala e diante da turma exclamou:
_Quero que caia um meteorito na minha cabeça se eu estiver mentindo.
A turma reclamou que era raio e não meteorito porque não existiam meteoritos caindo na cabeça de ninguém e ele sabia disso.
O garoto respondeu:
_Existem momentos em que eu me equivoco. De repente os anjos passam, me levam a sério, e num zás-trás pode acontecer que um raio caia na minha cabeça. Se isso acontecer, vocês terão remorso pelo resto das suas vidas. Mas, como eu prezo a cada um de vocês como os mais queridos amigos e, saibam que dos quais jamais encontrarei de mesma natureza e bondade, poupo a todos de tal infortúnio.
A sala foi às gargalhadas. A professora teve que esperar alguns minutos para recuperar a concentração e continuar a aula de matemática. A matéria eu lembro, o orador, não.
Agora é real. Mil pessoas feridas e, nós, atônitos. Sem saber como expressar, sem expressar o que sentimos porque é um sentimento surreal. Parecia que o planeta estava acima dos meteoros, não embaixo. Vamos ter que aprender e assimilar essa tragédia tão diferente de tudo o que foi visto e vivido. Vamos aprender o que é um meteoro na cabeça depois dos primórdios do planeta. Parece que lá atrás, no tempo, o professor de geografia nos contava que os dinossauros foram extintos pelos meteoros.
Que sensação esquisita será olhar para o céu de agora em diante, agora que a piada perdeu a graça.

8 comentários:

Lu Cidreira disse...

Voltando ao convívio blogal!
Pois é, mais quem não achou muita graça foram os Russos lá na longínqua Urais, 950 pessoas sofreram ferimentos, isso é um horror.
Abraço

Joelson disse...

Olá Yayá,
Voltar ao seu blog é sempre um prazer.
Você está certa, não pensávamos que essa tragédia poderia acontecer, a nossa imaginação já conseguiu produzir grandes filmes e neles os meteoros causavam grandes destruições, mas a grande verdade é que não esperávamos que isso fosse realmente acontecer.
Nossa imaginação parecer ter poder
Imaginamos as bombas... criamos bombas
imaginamos o raio laser... criamos o raio laser
Imaginamos o homem no espaço sideral e ele foi pra lá.
Imaginamos destruição... causamos destruição
Imaginamos quedas de meteoros...

Enlutado pelo ocorrido, com respeito a todos os atingidos, deixo aqui o meu forte abraço e desejo de recuperação para o país, povo e parentes que sofrem com a dor da perda.
Abs,
Joelson
www.inspiradas.com

Jossara Bes disse...

Oi Yayá!

Pois é, falar o que?
Sinto muito, por todos que vivenciaram essa experiencia surreal, como você diz.
Mas que dá medo,... há isso dá!
Tenha um ótimo fim de semana!
Beijos!

aluap disse...

Perante os poderes da natureza e sua rapidez nada podemos fazer. Esperemos é que novos acontecimentos deste tipo ou ainda piores não venham mais a acontecer!
Por aqui a piada é que o povo português tem mesmo azar!!! Devia ter caído no parlamento e acabar com todos os nossos políticos deputados mentirosos lol

Bom Fim de Semana e um abraço.

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Acompanhei,pela mídia, sobre o meteorito e o asteroide...dizem que há ligação entre os dois fatos. Será?

Gostei, da solidariedade, aos russos. Parabéns,boa crônica!
Um abraço,
da Lúcia.

Ingrid disse...

belo texto..
e haverá tanto por ver e acontecer não?..
beijos querida e um belo final de semana.

António Manuel - Tómanel disse...

Neste dia de inverno friorento e meio chuvoso, passei por aqui, para lhe felicitar pelos trabalhos que tem publicado neste seu blog, especialmente, esta última postagem.
Um abraço cá deste meu Algarve - Faro.
http://umraiodeluzefezseluz.blogspot.com

poetaeusou . . . disse...

*
virtual amiga,
,
é mais uma prova, que consolida
a tese, que os Dinossauros,foram
exterminados, por algo que veio
do Espaço Interplanetário !
,
torço para uma recuperação plena,
daqueles que foram atingidos.
,
meteóricas conchinhas,
deixo,
*