Loading...
Loading...

quinta-feira, 5 de março de 2015

Olhar à Frente

Olhar à Frente
clip_image002
O segredo d’uma pedra de sal
É não olhar aquilo que te faz mal,
Ao contrário, não saiba o que corrói.

Que ninguém queira a dor de ser igual,
Qual perfídia ao pesadelo surreal;
Sofrimento inútil não se constrói.

Ao capricho de um olhar desigual,

O perder-se o ser em sal que se mói.

4 comentários:

✿ chica disse...

Maravilha! Adorei! bjs, chica

Rute disse...

Lindo, parabéns, bjs

Célia Rangel disse...

Quantas vezes nos iludimos com pesadelos surreais!
Abraço.

Sor.Cecilia Codina Masachs disse...

Hola Yayá, gracias por seguir escribiendo, cuando cuesta tanto mantener un blog.
Un beso de ternura
Sor.Cecilia