Lugares Bonitos

Lugares Bonitos

http://frasesemcompromisso.blogs.sapo.pt/

O blog da Nina, menina que lia quadrinhos.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Deslumbrante

Deslumbrante

clip_image002

O poema não conta,

Ele, ao verso, se monta,

E faz pingo e mar

Até marejar.

 

E, assim se desmonta,

Em livro que afronta,

Discorda o cooptar

Porque é deslumbrar.

 

Ao ser faz de conta,

Ao sonho desponta

Vontade a passar,

Querer começar.

2 comentários:

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Rima musical bem conseguida.
A mensagem ficou esquecida

Célia Rangel disse...

Um poema que merece pauta musical! Belo!
Abraço.