Loading...
Loading...

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Jovens / Crônica do Cotidiano

Jovens / Crônica do Cotidiano

clip_image002

Chegou o calor e a gente sai, descontraída, com vontade de conversar e tomar gelado.

Conversando com quem está no lugar, ouvindo as boas conversas e dando risada.

A garota tirou a carteira de motorista, feliz, com vontade de contar ao mundo inteiro que pode dirigir. Agora, sem mais nem menos pergunta o que é melhor: carro ou motocicleta.

_A minha mãe pagou a autoescola para que eu tirasse as duas carteiras juntas e eu posso dirigir automóvel e motocicleta. Passei! Eu não tenho muito dinheiro e se comprar a motocicleta a minha mãe fica à pé. Ela quer que eu compre um veículo para facilitar o meu dia a dia, mas eu não consigo deixá-la à pé.

O espírito maternal se fez presente, dessa vez quem não conseguiu ficar calada fui eu. O local estava com mais ou menos dez pessoas.

_Se você me permitir uma opinião, eu sugiro que você e a sua mãe passem nas concessionárias de veículos e vejam o departamento de carros usados. Temos carros populares com duas portas, com prestações fixas e que desvalorizam menos que os carros de luxo. Não é fácil comprar o primeiro carro e você deve observar a taxa de juros e os custos do financiamento. Um automóvel com dois anos de uso financiado em até trinta e seis vezes pode ser um bom começo. A motocicleta você deixa para depois do automóvel, pois não se compra nada que, mais tarde, possa trazer alguma sensação de culpa.

A ternura com que essa garota me olhou valeu o dia.

_Que ideia boa!

Alguns garotos prestavam atenção na conversa. Para fingirem que o assunto não interessava a eles e que não olhavam para a garota, vieram com conversa fiada, perfeitamente audível:

_Finalmente a empresa despediu a antiga secretária executiva. Ela era aborrecida, sabia toda a agenda nos mínimos detalhes, eficiente demais. A nova, não. A nova secretária executiva é jovem e recém-formada, usa maquiagem, se veste bem, sabe conversar com a gente. Jovens executivos precisam de bom trato. Uma secretária executiva charmosa é muito melhor do que uma eficiente.

Como quem não quer nada, os garotos olhavam para nós e ouviam a nossa conversa.

A garota agradeceu e saiu. Eu agradeci a companhia dela e a conversa e saí também.

O tempo passa, passa, e os garotos continuam amadurecendo depois que as garotas.

Um comentário:

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Eu trabalhei para irar a carta de condução Auto. Fiquei habilitado a conduzir automoveis ou ligeiros de mercadoria até 3500 quilos.
O pior foi poder comprar o automóvel.