Loading...
Loading...

sábado, 6 de setembro de 2014

Emoção Jardineira

Emoção Jardineira

clip_image002

Essa chuva miúda,

Na florida amoreira,

À setembro, saúda,

Co’a mudança ligeira.

 

Com encantos de muda,

Comovente e festeira,

Faz sonhar e amiúda

A emoção jardineira.

 

Num afresco se aluda,

A beleza faceira,

De um jasmim à graúda;

A janela e a floreira.

7 comentários:

vendedor de ilusão disse...

Olá!
Gostei muito da poesia, e achei o último verso fascinante... Parabéns!
Aceite meu abraço e bom fim de semana.

aluap Al disse...

É emocionante como as pessoas cuidam das suas plantas durante todo o ano só para as ver floridas numa parte dele.
Passe um bom fim de semana Yayá.

Célia Rangel disse...

É lindo vermos a natureza se enfeitando para uma nova estação - as flores!
Abraço.

XicoAlmeida disse...

Ai de mim se estando na aldeia, em casa de minha mãe, me atrevo a fumar na varanda por cima das floreiras.
Sou logo corrido para o pátio da casa, cá fora.
Não adianta dizer que as rego.
Falto-lhes ao respeito, diz.
Talvez...

luís rodrigues coelho Coelho disse...

A chuva hoje também nos veio visitar.
Era fresca e corria como uma prece,uma súplica da aridez da terra

Jossara Bes disse...

Oi Yayá!
Chuva, flores e primavera!
O coração floresce, fica perfumado e encantado de poesia!
Linda demais!
Felicidades para você!

Ivone disse...

Yayá, lindo, está chegando a estação das flores, das chuvas que estão sendo tão esperadas!
Amei ler!
Abraços apertados!