Loading...
Loading...

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Provas de que o Mundo é Bom

Provas de que o Mundo é Bom

clip_image002clip_image004

Ninguém está sozinho no mundo, mas é necessário que você não deseje estar só.

Independentemente da condição financeira qualquer cidadão pode ter a sua conta bancária na agência dos correios, o chamado banco postal. Abrindo o seu cadastro numa dessas agências, você até pode ficar sem dinheiro, mas tem onde se queixar.

Não sei sobre outras culturas, mas, se você frequentar alguma igreja, você também obterá conhecimento e contatos no mundo inteiro. Vale para todas as igrejas, seja através do cartão de identificação ou a certidão de batismo da Igreja Católica, em qualquer lugar do planeta onde você esteja você terá onde pedir auxílio.

Se você tiver um celular, a localização será passo a passo e até poderá ser divertido. Certa vez eu estava passeando contornando uma montanha que terminava no mar. A cada foto que eu batia daquela paisagem selvagem e desafiadora, o meu celular recebia uma mensagem perguntando onde eu estava e se precisava de ajuda. Foi engraçado apagar a mensagem a cada foto. O pior é que não havia como responder, pois a mensagem vinha diretamente do aplicativo maps.

Os contatos não dependem das condições físicas. Agora, que deveria haver um “modo hospital” para os celulares daquelas pessoas que estão nos hospitais, uma boa imaginação ajuda a curar. Com todas essas facilidades, os pacientes dos hospitais ficam incomunicáveis, os celulares são proibidos para os internados, seja para atendimento ou em recuperação. Poderiam inventar um meio para que os pacientes pudessem usar a internet, jogar aqueles jogos que acompanham os smartphones ou, conversar com algum amigo ou parente por telefone quando possível.

O isolamento nos dias de hoje se dá por motivos adversos, não tem sentido que todos mantenham a sua comunicabilidade enquanto os que mais precisam de distração fiquem isolados da comunidade, sem notícias, músicas, diversão.

Novas ideias são bem vindas nesse mundo digital.

2 comentários:

Maria Teresa Fheliz Benedito disse...

Só se isola mesmo é quem quer de verdade.
Amei seu texto Yayá!
Um abraço amiga querida.

Ivone disse...

Amiga Yayá, muito bom seu post, é mesmo assim, sempre se há um jeito de procurar e achar ajuda, concordo contigo sobre ter como se distrair com meios de comunicações em hospitais, mas acho que não são todos, alguns abrem exceções!
Abraços e tenhas uma linda tarde!