Loading...
Loading...

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Lia

Lia

clip_image002

Bendita presbiopia

Numa vista cansada,

Não enxerga onde está a Lia,

Sabendo a matinada.

 

A manhã clareou o dia,

Já não é desperdiçada;

E a nuvem que se via

É catarata d’água.

 

Não é alguma fantasia

Obter vista acurada,

Dizer que não sentia

A razão apaixonada...

 

O caminho seguia

Sem dizer nada, nada.

Vem ciranda de Lia,

Vem nessa saia rodada.

Um comentário:

✿ chica disse...

Que lindo! SEMPRE assim aqui! beijos,chica