Loading...
Loading...

segunda-feira, 24 de março de 2014

O Outro Supermercado

O Outro Supermercado / Crônica de Supermercado
clip_image002
A cidade de Curitiba é bem servida de supermercados. Cada supermercado tem o seu público consumidor.
Às vezes, vou a outro supermercado, que também tem o que eu preciso, o preços são parecidos, mas a gente que lá frequenta é totalmente diferente da gente que frequenta o supermercado aonde vou diariamente.
Esse público faz toda a diferença na crônica, que de poderia devolver como produto amassado ou com defeito.
Enquanto pesquisava preços e produtos as conversas não existiam.
Quase me assustei ao entrar no corredor dos ovos de chocolate:
_Cada um tem o que merece!
Não olhei para os ovos, comprarei no outro supermercado quando chegar à data adequada.
Aquele supermercado também tem os seus fregueses de mau humor e, um senhor, passou sisudo, preocupado e olhando para frente. Fiquei com pena de tal estado de ânimo, mas é o público de lá.
Depois aquela conversa muda e explícita:
_Não me cumprimente sem que eu permita.
Não, esse não é o meu supermercado favorito. Pelo menos sei por que é que eu gosto do outro supermercado.
Ninguém faz por mal, é o jeito daquelas pessoas levarem o seu cotidiano à sério.
Não é o meu.
Valeu! Um abraço para quem não estava naquele supermercado!

3 comentários:

Desbravadores de Livros disse...

Bela escrita, Yayá. Realmente existem vários mercados por todo canto do mundo, mas sempre têm aqueles que nos cativam. E não importa o preço, se gosto de um, dificilmente irei a outro.
Gostei de sua crônica e de sua maneira diferenciada em escrever.
Adorável seu blog. Voltarei mais vezes e aguardo sua visita.
Se sentires vontade de seguir-nos, avise-nos que retribuiremos o seu carinho
M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista

Célia Rangel disse...

Pessoas ruminantes, também não são minhas preferidas!
Abraço.

eduardo maria nunes disse...

A cidade de Curitiba!
Onde fica ela situada
Numa cidade bonita
Tem tudo não falta nada

Tem tudo do que precisa,
Para o seu público consumidor
Na roseira tem rosa bonita
No jardim perfumada flor!

Um abraço para você amiga Yayá.
Eduardo.